Sistema eletrônico promete dar celeridade a tramitação de processos na Comarca de Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


O assunto foi discutido por várias autoridades durante encontro realizado no Fórum Desembargador Pedro Nestor, Centro, em Pará de Minas, nesta sexta-feira, 12 de maio.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Juízes, promotores, advogados e servidores do Poder Judiciário tiveram a oportunidade de acompanhar o novo sistema que será implantado. Trata-se do Processo Judicial Eletrônico do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.


A nova tecnologia será implantada em um prazo de 30 dias e promete dar celeridade aos litígios. Uma plataforma eletrônica por meio da internet estará disponível a todos os operadores do Direito.


Os profissionais envolvidos serão cadastrados para que tenham acesso ao sistema. O recurso informatizado tem pretensão de reduzir a grande quantidade de papel utilizada nos autos dos processos impetrados na Justiça.


Além de moroso, o grande volume de documentos ocupa muito espaço e dificulta o trabalho dos servidores do Judiciário. Outro ganho será para o meio ambiente, pois haverá uma redução significativa do uso de papel.


Para se ter uma ideia, nas duas varas cíveis da Comarca de Pará de Minas existem aproximadamente 16 mil processos tramitando. Atualmente o Foro conta com o trabalho de seis juízes, sendo dois deles lotados no Juizado Especial de Pequenas Causas.

Pedro Bernardo de Oliveira, desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, esteve em Pará de Minas para apresentar a inovação que trará a implantação do Processo Judicial Eletrônico:


Pedro Bernardo de Oliveira
pjepedrobernardodeoliveira

Herilene de Oliveira Andrade, juíza da 2ª Vara Cível da Comarca de Pará de Minas, não tem dúvida de que a nova tecnologia será um grande avanço. Ela acredita que todos sairão ganhando com sistema eletrônico:


Herilene de Oliveira Andrade
pjeerilenedeoliveiraandrade

O Processo Judicial Eletrônico já é realidade em vários municípios de Minas Gerais. A Justiça Federal também utiliza essa nova ferramenta para que os processos tramitem com maior rapidez.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!