Atendimentos aos segurados do IPSEMG no HNSC podem ser suspensos novamente por falta de pagamento

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


O Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG) continua em situação financeira gravíssima devido a falta de repasses do governo estadual.

O órgão é responsável por arcar com os pagamentos dos vencimentos dos servidores que são aposentados e pensionistas. Além disso, é custeada a assistência médica e hospitalar do funcionalismo estadual.

O governo decretou estado de calamidade financeira e vem enfrentando dificuldades para enviar recursos para o IPSEMG. Isso tem provocado um efeito cascata porque o plano de saúde não está pagando os hospitais.

O Hospital São João de Deus (HSJD), em Divinópolis, que atende aos pacientes de toda macrorregião, anunciou na semana passada a paralisação dos atendimentos dos pacientes do IPSEMG.

A medida drástica foi tomada por que o instituto não está pagando o que deve. A mesma situação está sendo enfrentada pelo Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Pará de Minas.

A instituição atende a microrregião e também está há seis meses sem receber nenhum centavo do IPSEMG. A dívida chega a quase R$ 600 mil e o problema está se agravando com o passar do tempo.

Recentemente o HNSC recebeu um repasse e foi negociado o restante da dívida. A data limite para atender aos pacientes do IPSEMG sem o envio de verbas é dia 18 de setembro. Após esse prazo, os serviços assistenciais serão suspensos caso o estado não pague a conta.

Segundo Clelton de Faria Pacheco, interventor do HNSC, foi feita uma proposta para o instituto porque é preciso arcar com os custos envolvidos. Tudo dependerá da normalização dos repasses por parte do Estado:


Clelton de Faria Pacheco
atendimentoipsemgcleutonpacheco1

Os prestadores de serviços e fornecedores do hospital de Pará de Minas precisam receber. Sem as verbas do governo estadual é impossível manter os atendimentos aos pacientes que são usuários do IPSEMG:

Clelton de Faria Pacheco
atendimentoipsemgcleutonpacheco2

O HNSC também passa por grandes dificuldades financeiras e a intervenção decretada pelo prefeito Elias Diniz (PSD) vem trabalhando duro junto com a nova diretoria para que os atendimentos sejam mantidos.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!