Moradores de Pará de Minas e outras cidades afetadas por chuvas podem sacar Bolsa Família a partir desta quarta

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Os beneficiários do Bolsa Família que moram em cidades afetadas pelas chuvas dos últimos dias poderão sacar a parcela de fevereiro nesta quarta-feira, 12 de fevereiro. A medida, que antecipa o calendário oficial,  beneficiará moradores cadastrados no programa em Minas Gerais, Espírito Santo e Rio Grande do Sul.

Ao todo, 227 municípios no país decretaram situação de emergência ou calamidade pública, e assim que reconhecida pelo governo federal, as ações puderam ser feitas.

A Secretaria Especial do Desenvolvimento Social, vinculada ao Ministério da Cidadania, informou ainda que além de antecipar o saque, as famílias podem receber o dinheiro mesmo se tiverem perdido os documentos.

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) também será antecipado. Este, para o dia 19 de fevereiro a todos os beneficiários que morem em cidades que decretaram calamidade pública.

O Portal GRNEWS apurou que além de Pará de Minas, na região será antecipado o benefício para moradores de Igaratinga, Itapecerica, Juatuba, Mateus Leme, Onça de Pitangui e Santo Antônio do Monte.

O Bolsa Família é um programa do governo federal, concedido a quem está em situação de extrema pobreza. Há vários tipos de benefício. O Básico, para quem te renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa, e o benefício é no valor de R$ 89,00.

O Variável, para famílias em situação de pobreza que tem tenham em sua composição gestantes, nutrizes, crianças e adolescentes de 0 a 15 anos. Neste, o valor do benefício é de R$ 41,00 e a família pode acumular até cinco por mês, totalizando R$ 205,00.

O Variável Jovem é pago a adolescentes entre 16 e 17 anos o valor de R$ 48,00 e cada família pode receber no máximo dois, totalizando R$ 96,00.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!