Definida empresa que construirá o novo fórum de Pará de Minas que custará mais de R$ 26 milhões

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Foi realizada nesta segunda-feira, 11 de janeiro, a última etapa do processo de licitação realizado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) para continuidade da obra de construção do novo fórum de Pará de Minas.

Cinco empresas participaram do processo licitatório e após analisar a documentação das construtoras, elas passaram para a etapa das propostas financeiras.

O Portal GRNEWS apurou que o processo foi realizado presencialmente na sede do TJMG, pela Comissão Permanente de Licitação que abriu os envelopes, avaliou os custos e julgou as propostas. A Base Construções e Incorporações Eireli ofereceu o serviço por R$ 26.229.832,00; a Salver Construtora e Incorporadora Ltda. por R$ 28.222.149,18; Alcance Engenharia e Construção Ltda. por R$ 29.402.546,49; Construtora Gomes Pimentel Ltda. por R$ 29.885.466,15; e a GCE S/A por R$ 29.930.567,71.

O TJMG havia estimado investimento de R$ 30.187.158,56 e após analisar todas as informações contidas nas propostas, ficou definido que a Base Construções e Incorporações Eireli foi a vencedora do certame, ficando a obra R$ 3.957.326,56 abaixo do orçado inicialmente.

A empresa vencedora tem sede na cidade de São José em Santa Catarina e é conhecida pelo nome fantasia Basis – Brasil Construção e Gestão de Obra.

A obra iniciada em 2019 foi paralisada em setembro do mesmo ano após a empreiteira que havia vencido a licitação ter infringido o contrato. Só no final de 2020 que o TJMG conseguiu abrir novo processo licitatório para continuar a construção.

Perspectiva do novo Fórum da Comarca de Pará de Minas – TJMG/Divulgação

O novo fórum contará com cinco pavimentos e capacidade para abrigar nove varas, Juizado Especial e Centro Judiciário de Solução de Conflito e Cidadania (Cejusc). Serão quatro pavimentos e um subsolo.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!