Paraminenses sentem no bolso o custo alto do IPTU e culpam georreferenciamento

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A Prefeitura de Pará de Minas já emitiu 40 mil guias do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU). Os boletos foram encaminhados a todos os imóveis registrados no perímetro urbano e na zona rural.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Os contribuintes que optarem pelo pagamento à vista através da parcela única, terão desconto de 10% sobre o valor do imposto. Caso contrário o tributo poderá ser pago em até seis parcelas.

Na terça-feira, 11 de abril, vence o prazo para os proprietários de imóveis com as iniciais do nome de A a J. No dia 12 de abril o tributo deverá ser pago pelos contribuintes com nomes que começam com as letras K a Z.

Quem não receber a guia poderá retirá-la no site da prefeitura. Outra opção é procurar a Secretaria Municipal de Gestão Fazendária, no primeiro andar do prédio da prefeitura, e solicitar o documento.

O IPTU foi reajustado em 7,19% com base no Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M). A reportagem do Portal GRNEWS foi às ruas e ouviu a população paraminense sobre os novos valores do imposto.

O taxista Íris Paulino Severino conta que ainda não recebeu a guia do IPTU 2017. Ele afirma que muitas pessoas estão reclamando dos valores e acreditam que o reajuste foi provocado pelo georreferenciamento, realizado na gestão do ex-prefeito Antônio Júlio de Faria:

Íris Paulino Severino
irispaulino_iptu

O comerciante Bruno Ramos pretende pagar o imposto em dia para evitar a incidência de juros e multas. Ele espera que todo o dinheiro arrecadado seja muito bem utilizado pelo prefeito de Pará de Minas:

Bruno Ramos
brunoramos_iptu

Para Geraldo Magela Silveira o georreferenciamento registrou todos os imóveis da cidade e gerou aumento do imposto. Ele também está aguardando um resultado positivo da atual administração que começou em janeiro:

Geraldo Magela Silveira
geraldomagela_iptu

O município espera arrecadar R$16,8 milhões com o recebimento do IPTU 2017. Devido à inadimplência que sempre é registrada, especialmente nesta época de crise financeira, o Poder Executivo projeta receber pelo menos R$13 milhões este ano.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!