Mediação e Conciliação está em alta no Judiciário e Pará de Minas terá unidade do CJUS

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

forum_para-de_minas080116
Um problema que se arrasta há anos está relacionado à morosidade nos trâmites processuais nas comarcas de todo o Brasil. O aumento dos litígios vem abarrotando os foros com milhares de processos em diferentes varas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O grande volume de trabalho torna humanamente impossível os juízes darem conta de atender a contento. Em Pará de Minas a situação é preocupante, pois a Comarca está sem juiz na 2ª vara cível há quase um ano.

Diante da situação a juíza da 1ª vara vem cuidando das causas e dando um suporte. De acordo com Pedro Câmara Raposo Lopes, diretor do Foro da Comarca de Pará de Minas, a situação é delicada e depende do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em Brasília.

pedro_camara _raposo_lopes
O magistrado afirma que aguarda um novo responsável pela 2ª vara no primeiro semestre de 2016. Pedro Câmara Raposo Lopes informa que a dificuldade atinge diversas comarcas de Minas Gerais:

Pedro Câmara Raposo Lopes
clrddprcpdrpcm1

O juiz ressalta que muitos problemas poderiam ser resolvidos através de mediações e conciliações, sem a necessidade de um processo litigioso. Outra ferramenta a ser implantada será o processo eletrônico, mas que depende de uma estrutura técnica e administrativa do TJMG:

Pedro Câmara Raposo Lopes
clrddprcpdrpcm2

carlos_donizetti _ferreira_da_silva
O juiz Carlos Donizetti Ferreira da Silva também frisou a importância da solução de conflitos menores por meio de conciliações. Ele anunciou o projeto de implantar em Pará de Minas no próximo ano o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CJUS):

Carlos Donizetti Ferreira da Silva
clrddcrlsdnztfrrs1

Só no ano de 2015 o Tribunal de Justiça de Minas Gerais instalou quarenta CJUS em diferentes comarcas do estado. A medida visa desafogar o Poder Judiciário através de audiências de mediação e conciliação.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!