Padre detalha situação do processo de beatificação de Padre Libério no Vaticano e pede orações pela causa

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Uma enorme legião de católicos continua rezando e acompanhando os desdobramentos do processo de beatificação do Servo de Deus Padre Libério que está tramitando na sede da Igreja Católica Apostólica Romana, no Vaticano.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A beatificação é um passo no processo de canonização. Nele o papa autoriza a veneração pública da pessoa na igreja local, na congregação religiosa onde ela era associada e em outros lugares.


Antes devem ser analisados cuidadosamente os fatos históricos da vida do candidato, comprovando que ele praticou as virtudes cristãs e mostrar que os fiéis o consideram um santo e por isto é digno de veneração.

O processo tem dois estágios. O primeiro é a chamada fase diocesana, de responsabilidade da igreja local onde o candidato viveu. O trabalho fica sob a autoridade do bispo local e assistido por um postulador.

Uma vez que a fase diocesana é aberta, o candidato pode ser referido como um Servo de Deus. Neste caso específico, Padre Libério já foi reconhecido como Servo de Deus.

A segunda fase é a romana. Os resultados da fase diocesana são transferidos para a Congregação para a Causa dos Santos (CCS), por meio de um ofício ao Vaticano, para estudos e valutação.

Após os estudos feitos por um grupo de teólogos e uma comissão de Cardeais e bispos, a CCS apresenta os seus resultados ao papa. Com isso o líder da Igreja Católica define o resultado final do processo, que está sendo analisado sobre novas normas para o reconhecimento de milagres. O processo de beatificação de Padre Libério também é referência no Curso de Formação dos Postuladores das Causas dos Santos no Vaticano.

O vigário titular da Forania Nossa Senhora da Piedade e auxiliar da Paróquia de São Francisco em Pará de Minas, padre Ydecy Ferreira Santos, lembra que há alguns meses o processo de Padre Libério foi encaminhado para Roma.

Ele que faz parte da equipe da Diocese de Divinópolis que trabalha nesta causa pela beatificação de Padre Libério, afirma que a aparente demora é uma demonstração que tudo está transcorrendo bem e por isso é preciso aguardar e continuar com as orações:


Padre Ydecy Ferreira Santos
beatificacaopadreydecy1

O sacerdote ressalta que o processo foi aberto pelo então bispo da Diocese de Divinópolis dom Tarcísio Nascentes dos Santos e prossegue muito bem conduzido pelo bispo dom José Carlos de Souza Campos, que atualmente responde pela diocese:

Padre Ydecy Ferreira Santos
beatificacaopadreydecy2

Um Servo de Deus que é beatificado é chamado de Beato, o qual pode ser canonizado depois da ocorrência de um ou mais milagres atribuídos à sua intercessão perante Deus.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!