População reclama de rebaixamento da companhia da PM em Itaúna, mas coronel diz que mudança será benéfica

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A população do município de Itaúna não ficou nada satisfeita com o rebaixamento da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar, para 51ª Companhia da Polícia Militar respondendo diretamente ao comando do 23º Batalhão da Polícia Militar de Divinópolis.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O índice de criminalidade preocupa na cidade com população aproximada de 100 mil habitantes. Para ficar em apenas um exemplo, dados do SAMU mostram que Itaúna é o terceiro município, entre 54 atendidos, com maior número de pessoas socorridas vítimas de ferimentos provocados por arma de fogo e facas. Nesse quesito, Itaúna só perde para Divinópolis e Nova Serrana.

O levantamento do SAMU aponta no primeiro lugar do ranking está Divinópolis com 71 casos, Nova Serrana com 37 e logo após, na terceira posição, aparece Itaúna com 19 casos.

É fato que o aumento da criminalidade é um problema que assombra todos os municípios brasileiros. Mas neste caso, a população de Itaúna questiona porque a companhia da Polícia Militar foi rebaixada. Muitos entendem que ela deveria ser fortalecida.

A reportagem do Portal GRNEWS conversou com o comandante da 7ª Região da Polícia Militar, coronel Helbert Willian Carvalhaes. No primeiro momento ele diz que não considera rebaixamento da companhia de Itaúna. Depois diz que além de Itaúna outras unidades da corporação também foram rebaixadas. Acrescenta que a mudança será benéfica para os itaunenses:

Helbert Willian Carvalhaes
coronelcarvalhaesitauna1


Na oportunidade, o coronel Helbert Willian Carvalhaes que vai se transferir para a reserva da Polícia Militar aproveita para avaliar o trabalho desempenhado no comando da 7ª Região da Polícia Militar de Minas Gerais:

Helbert Willian Carvalhaes
coronelcarvalhaesitauna2

O coronel Helbert Willian Carvalhaes vai se transferir para a reserva da Polícia Militar no dia 23 de janeiro, quando completa 30 anos de serviços prestados a corporação.

Mas a troca de comando da 7ª Região da Polícia Militar, sediada em Divinópolis será realizada 6 de fevereiro, quando o tenente-coronel Marcelo Augusto Santos assumirá o comando em substituição ao coronel Helbert William Carvalhaes. Na mesma solenidade será realizada a passagem de comando do 23º Batalhão da Polícia Militar para o tenente-coronel Rodrigo Teixeira Coimbra que já comandou a PM em Pará de Minas e até o início de janeiro comandava o 7º Batalhão da Polícia Militar sediado em Bom Despacho.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!