Calma e bom raciocínio podem evitar que pessoas caiam em golpes aplicados por telefone

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

policia_civil_delegacia2016
A crise econômica tem feito com que muitos estelionatários aprimorem algumas práticas delituosas com o intuito de tirar alguma vantagem financeira sobre os cidadãos de bem. Uma delas são os chamados golpes.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Na maioria dos casos eles ocorrem através de ligações telefônicas e são aplicados em muitas pessoas desavisadas. Os criminosos entram em contato com as vítimas, simulam alguma situação, e passam a fazer ameaças.

Os golpistas fingem que estão com parentes ou amigos da vítima e solicitam depósitos em contas bancárias como forma de resgate. Nesse caso é o chamado golpe do falso sequestro.

Em outros casos os estelionatários dizem que a pessoa é a ganhadora de uma promoção de uma grande empresa e para resgatar a premiação precisa fazer um depósito antes. Existe ainda a solicitação de dados pessoais para um suposto recadastramento.

cesar_augusto_de_faria_freitas050816
Em todas essas situações os bandidos tentam pressionar a vítima ao máximo para que ela não racione direito e com isso caia na cilada, como explica o delegado César Augusto de Faria Freitas:

César Augusto de Faria Freitas
glpcesaraugustofariafreitas1

Ele ressalta a importância de tomar cuidado ao passar informações pessoais pelo telefone. Entre eles os dados cadastrais de alguma conta bancária, senha, CPF, identidade, entre outros:

César Augusto de Faria Freitas
glpcesaraugustofariafreitas2

Se a pessoa cair em qualquer tipo de golpe através do telefone ela deve acionar a Polícia Militar ou a Polícia Civil e registrar uma ocorrência. Muitas dessas ligações são feitas de dentro de penitenciárias.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!