Só piora: em 5 meses Pará de Minas registra quase o dobro de casos de Covid-19 em relação a todo o ano de 2020

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Diariamente o Portal GRNEWS apura os dados referentes à Covid-19 em Pará de Minas. Desde o início da pandemia, a equipe de reportagem busca mostrar com transparência a realidade do município em relação aos números de casos suspeitos e confirmados, às mortes, e as ações de enfrentamento ao novo coronavírus, definidas pelos governos municipal e estadual.

E infelizmente o trabalho é mais difícil a cada dia, afinal todos sofrem com a dor do outro. Desde março, diariamente, boletins são divulgados e infelizmente os números só pioram.

É o que mostra nova apuração realizada pelo Portal GRNEWS. Em todo o ano de 2020, 1.666 paraminenses foram contaminados pela Covid-19. O mês com mais casos registrados foi dezembro, sendo 550 confirmações. Em seguida vem novembro com 292 casos e agosto com 220 paraminenses que testaram positivo para o novo coronavírus.

O ano de 2021 começou com alto número de casos, sendo 388. Mas foi em maio que a situação piorou de vez. No mês passado, 1.379 paraminenses contraíram o novo coronavírus.

A situação foi tão complicada em maio, que o número de casos mais que dobrou de um mês pra outro. Se em fevereiro foram registrados 238 casos, chegou março com 538 e em abril 539 paraminenses foram diagnosticados com a doença.

O Portal GRNEWS apurou ainda que de 1º de janeiro a 2 de junho de 2021, Pará de Minas teve 3.098 casos confirmados. Número que é quase o dobro do total registrado em todo o ano passado.

Mas a que isso se deve, se a cidade tem aplicado as vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde? Infelizmente a população em geral contribui e  muito para esta situação. Boa parte tem debochado da doença, negado ações preventivas e com isso os hospitais ficam lotados e os paraminenses precisam ser transferidos para cidades longe daqui.


Outro ponto a ser destacado é a falta de fiscalização. Decretos são editados no município mas que valem pouco. já que acabam ficando apenas no papel devido a falta de fiscais suficientes nas ruas fazendo cumprir a legislação.

Muitos culpam as festas nos fins de semana e feriados, os encontros familiares e reunião de amigos. Mas o problema é bem maior. Todos sabem que muitos que vão aos bancos e lotéricas, precisam realmente do serviço oferecido nestes estabelecimentos, por vários motivos, de não conseguir acessar um aplicativo ou site, ou simplesmente não ter livre acesso a estas tecnologias. Isso vem sendo denunciado desde o início da pandemia, mas a prefeitura de Pará de Minas não fez quase nada para mudar este cenário que contribui incisivamente para aumentar a propagação do novo coronavírus.


A mesma falta de fiscalização por parte da prefeitura pode ser notada com facilidade nos ônibus que realizam o transporte coletivo urbano. Nestes veículos a aglomeração é também vista a qualquer hora do dia. Com a pandemia algumas linhas foram desativadas e o que se vê são centenas de pessoas dentro de um só ônibus, sem distanciamento ou cumprindo qualquer medida de prevenção.

E é por isso que medidas mais eficazes são necessárias e urgentes. Algumas cidades, por exemplo, criaram leis que limitam a quantidade de pessoas atendidas nos bancos, lotéricas e em todos os estabelecimentos comerciais. Pará de Minas tem autonomia para editar um decreto com esta restrição e também fiscalizar para que cumpram. Em alguns municípios, podem ser atendidos, por exemplo, 200 pessoas em cada estabelecimento, mas vai precisar fiscalização e que as denúncias sejam de fato apuradas e os responsáveis autuados. Por enquanto isso não ocorre em Pará de Minas. Muitas das restrições determinadas também acabam ficando somente no papel.

Como resultado, em Pará de Minas os casos de Covid-19 se acumulam e as mortes também. Até esta terça-feira (8), 4.880 paraminenses já testaram positivo para a Covid-19 desde o início da pandemia. Quanto aos casos suspeitos foram notificados 21.090. A Covid-19 já causou a mortes de 210 pessoas em Pará de Minas, conforme publicado pelo Portal GRNEWS.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!