Morte de peixes em lagoa no Patafufo ainda é mistério, mas biólogo descarta que causa seja esgoto

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

peixes_mortos
Na manhã da segunda (6) os moradores do bairro Patafufo, em Pará de Minas, denunciaram a morte de peixes em uma lagoa localizada naquela região. O lago foi construído em 2014 através de uma iniciativa da Associação Amigos do Meio Ambiente (Ama Pangéia).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A Polícia Militar de Meio Ambiente foi acionada para verificar o problema. Para os denunciantes, a falta de oxigenação na água pode estar relacionada ao problema ambiental.

Segundo militares, o boletim de ocorrência foi registrado e encaminhado ao representante do Ministério Público de Minas Gerais na Comarca de Pará de Minas. A Promotoria de Meio Ambiente tomará ciência do que vem acontecendo para tomar as devidas providências legais.

A reportagem do Portal GRNEWS conversou sobre o assunto com o biólogo José Hermano de Oliveira Franco, presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento do Meio Ambiente (Codema) e gerente da Ama Pangéia.

Ele disse que esteve no local para verificar a situação e constatou que nenhum clube ou empresa gera esgoto e faz o descarte no manancial. Até agora o mistério não foi desvendado e a fiscalização continuará:

José Hermano de Oliveira Franco
josherm_mrtpx

A Secretaria Municipal de Agronegócio, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, também fará um levantamento para detectar o problema na água que está causando a mortandade dos peixes.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!