Definida empresa que ampliará Base do Samu em Pará de Minas; obra custará R$ 150 mil

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Prefeitura de Pará de Minas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, tem como uma de suas metas ampliar o convênio firmado com o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste para Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência (CIS-URG Oeste).

O consórcio formado por municípios da região Centro-Oeste de Minas Gerais é responsável pelo gerenciamento do Samu Oeste, que começou a operar em Pará de Minas no ano de 2017, com uma Unidade de Suporte Básico (USB) que atua na cidade atendendo o chamado dos paramineses.

Esta USB é tripulada por um técnico em enfermagem e um condutor socorrista. O objetivo da Secretaria Municipal de Saúde é acertar com o CIS-URG Oeste a ampliação do serviço e trazer para o município uma Unidade de Suporte Avançado (USA), que conta com um médico na equipe de tripulantes.


Mas para viabilizar esse acordo é preciso reformar e ampliar a Base do Samu, localizada ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Senador Valadares, em Pará de Minas.

O processo avançou na sexta-feira, 5 de abril, quando a Divisão de Licitações da Prefeitura de Pará de Minas publicou o resultado da licitação para contratação de empresa para prestação de serviço de reforma e ampliação da Base do Samu, incluindo fornecimento de materiais.

Na tarde de quinta-feira (4) a Comissão Permanente de Licitações se reuniu, analisou a documentação e posteriormente as propostas comerciais apresentadas por duas empresas interessadas na execução do projeto.

A vencedora foi a Solução Engenharia, Construções e Estrutura metálicas Eireli, que apresentou a menor proposta no valor de R$ 150.001,50 para executar o projeto definido pela prefeitura para reformar e ampliar a Base do Samu.

O resultado do julgamento foi publicado na sexta (5) e a partir desta data foi aberto prazo recursal de cinco dias úteis conforme art. 109, inciso I da Lei 8.666/93, a Lei de Licitações.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!