Prefeito confirma corte de ajuda para pagar transporte e universitárias planejam manifestação

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

universitarias
A crise financeira enfrentada pela Prefeitura de Pará de Minas vem forçando cortes em algumas áreas. As dificuldades são muito grandes devido à queda na arrecadação e o constante aumento dos custos da máquina pública.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Desta vez o prefeito Antônio Júlio de Faria teve que cortar a ajuda que era concedida ao transporte de estudantes universitários que viajam para cidades da região como Itaúna, Bom Despacho e Divinópolis.

A medida significará um aumento no valor da prestação de serviço para todos os estudantes de cursos superiores fora de Pará de Minas. Como já era de esperar, os alunos estão indignados e cobram uma providência do Executivo.

valeria_cristina_da_silva_araújo
Este é o caso da universitária Valéria Cristina da Silva Araújo que estuda na cidade de Bom Despacho. Ela informa que os alunos terão um aumento mensal aproximado de R$ 100,00 e muitos não terão como arcar com o reajuste:

Valéria Cristina da Silva Araújo
tuvvlrcrtslv1

De acordo com ela, eram quatro veículos para transportar os 137 universitários. A tarifa do transporte era de R$ 140,00 e agora poderá chegar a R$ 240,00 ou mais:

Valéria Cristina da Silva Araújo
tuvvlrcrtslv2

graziele_guimaraes_batista
A universitária Graziele Guimarães Batista estuda em Divinópolis e também ficou indignada com o corte na ajuda de custo do transporte. Ela confirma a intenção de realizar uma manifestação, caso uma solução não seja dada:

Graziele Guimarães Batista
tuvgrzgmb1

A estudante afirmou que não sabe como a prefeitura consegue gastar anualmente cerca de R$ 400 mil para ajudar no pagamento de ônibus fretados para os universitários. Segundo ela, no ano passado cada veículo contratado custava no máximo R$ 6.500,00:

Graziele Guimarães Batista
tuvgrzgmb2

O prefeito Antônio Júlio de Faria explica que nunca gostou de fazer cortes, pois sempre geram dificuldades para as pessoas atendidas pelo município. No entanto, ele ressalta que há 3 anos foi questionado pelo Ministério Público de Minas Gerais sobre o pagamento considerado indevido.

antjul_revrb
O gestor público municipal disse que vinha ajudando os universitários, apesar do momento crítico. Mas, afirma que vem efetuando cortes em alguns setores e o transporte dos alunos das faculdades da região teve que ser feito:

Antônio Júlio de Faria
tuvajf1

Antônio Júlio de Faria explica que a prefeitura tinha uma despesa mensal de R$ 45 mil com transporte de universitários. Ele revela que isso vinha sendo muito questionado, pois não é obrigação legal do município:

Antônio Júlio de Faria
tuvajf2

O prefeito de Pará de Minas disse que está aberto ao diálogo com os estudantes. Antônio Júlio de Faria afirma que a baixa da economia vem impondo algumas medidas drásticas na administração pública:

Antônio Júlio de Faria
tuvajf3

Apesar de aumentar o custo para os estudantes em pleno período de crise, não existe nenhuma legislação que obriga a prefeitura a ajudar no pagamento dos ônibus que transportam os universitários para cidades da região.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!