Pescadores devem cumprir às restrições durante a Piracema, período reprodutivo dos peixes

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Teve início dia 1º de novembro o período da Piracema, quando os peixes em cardumes sobem rio acima para se acasalarem e se reproduzirem. Por isso é importante reduzir o volume de pescas nesta época do ano.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Com os dias mais quentes e as chuvas frequentes, milhões de peixes dispersos se juntam em grandes grupos e fazem a subida dos mananciais. São os migradores que fazem um esforço físico intenso.

Alguns chegam a nadar centenas de quilômetros em um curto período de tempo. Durante a Piracema é proibido realizar a chamada pesca predatória com o uso de redes ou tarrafas.

Porém, existem algumas modalidades de pesca que podem ser praticadas, como explica o cabo Adriano Dutra, do 3º Grupamento da Polícia Militar de Meio Ambiente sediada em Pará de Minas:


Adriano Dutra
piracemaadriano1

Explica que os equipamentos de pesca devem respeitar as regulamentações previstas na portaria publicada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente. Os tamanhos e as espécies de peixes também devem ser verificados:

Adriano Dutra
piracemaadriano2

Os equipamentos permitidos são: linha de mão com anzol, vara, caniço simples ou carretilha ou molinete de pesca, com iscas naturais ou artificiais. Para portar o equipamento é importante que o pescador mantenha sua licença atualizada.

Os infratores que forem flagrados terão que arcar com multa de R$ 700,00, mais R$ 20 por quilo de peixe apreendido. Ele também pode ser preso. A Piracema vai até o dia 28 de fevereiro de 2018.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!