Balanço parcial indica que meta de vacinação contra Febre Aftosa foi atingida na região de Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

produtor_vaca_leite_bovino
Entre os dias 1º e 31 de maio o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) promoveu a primeira campanha de vacinação contra a Febre Aftosa. Todos os produtores de gado deveriam imunizar o rebanho contra a doença.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Quando surgem casos da doença, os primeiros sintomas apresentados pelo animal acometido pela Febre Aftosa são febre alta e perda do apetite, seguidos de aftas na boca, na gengiva ou na língua, e principalmente por feridas nos cascos ou nos úberes.

O animal baba muito, contaminando todo o ambiente e tem grande dificuldade para se alimentar e se locomover, em razão das feridas nos cascos. A produção de leite, o crescimento e a engorda ficam muito prejudicados.

O Estado de Minas Gerais não registra nenhum caso suspeito da doença há cerca de 20 anos. Por manter esse padrão de controle no rebanho, os produtores são beneficiados por conseguir bons negócios no ramo.

Apesar de a campanha ter sido encerrada em 31 de Maio, até a próxima sexta-feira (10) os escritórios do IMA receberão as declarações de vacinação. De acordo com Lucas Silva Jardim, chefe do Escritório Seccional do IMA em Pará de Minas, algumas localidades já atingiram o índice de 95%:

Lucas Silva Jardim
aftlucasjardim1

Ele informou também que o índice atingido em Pará de Minas já chegou a quase 93%. Como o prazo da declaração ainda está aberto, o balanço final será fechado na próxima semana:

lucasilv_vac
Lucas Silva Jardim
aftlucasjardim2

Quanto aos produtores que ainda não vacinaram o rebanho contra a febre aftosa, todos são orientados a imunizar o gado mesmo atrasado e atenuar as penalidades que serão imputadas pelo IMA:

Lucas Silva Jardim
aftlucasjardim3

A multa por não vacinar contra a febre aftosa é de R$ 75,27 por cabeça. Os produtores de gado que não declararem a vacinação até a próxima sexta-feira (10) estarão sujeitos a uma multa de R$ 15,05 por animal.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!