Termina nesta quarta-feira prazo para eleitor regularizar o título ou solicitar transferência

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


No dia 7 de outubro os eleitores brasileiros participarão da escolha dos novos ocupantes dos cargos de presidente da República, governador, senador deputado federal e deputado estadual.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

As eleições são uma oportunidade de todos exercerem a cidadania, participando ativamente na escolha dos governantes que estarão a frente do país durante os próximos quatro anos.

Para isso é preciso estar em dia com a Justiça Eleitoral. O eleitor que não votou e não justificou em três turnos teve o título cancelado e precisa procurar o Cartório Eleitoral mais próximo para regularizar a situação.

O eleitor irregular deve procurar a Justiça Eleitoral até quarta-feira, 9 de maio. Será a data final para regularizar o documento e votar em outubro. Pessoas com deficiência que quiserem mudar a seção eleitoral para melhorar a acessibilidade também podem procurar o Cartório Eleitoral.

O fechamento do cadastro eleitoral nesta quarta (9) ocorreu com 151 dias de antecedência da votação, conforme previsto em lei.

Caso o eleitor tenha se mudado de cidade e precisa alterar o local de votação este ano, o prazo final para a mudança também é dia 9 de maio. É preciso comparecer ao Cartório Eleitoral munido de um documento com foto e seu novo comprovante de residência.

De acordo com Luiz Antônio Gabriel, chefe do Cartório Eleitoral de Pará de Minas, é preciso ficar atento aos documentos necessários para que os procedimentos sejam feitos dentro do prazo estabelecido por lei:


Luiz Antônio Gabriel
jeleitoralluizantoniogabriel1

O título de eleitor que for cancelado e não regularizar a situação estará sujeito a algumas penalidades. Por isso é importante tomar todas as providências para evitar transtornos e prejuízos futuros:

Luiz Antônio Gabriel
jeleitoralluizantoniogabriel2

O título cancelado impede o cidadão de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e obter certos tipos de empréstimos e inscrição em concursos públicos.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!