Professores paraminenses terão que dar aula online direto das escolas; Sindicato promete acionar a Justiça

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Nesta segunda-feira, 8 de março, milhares de estudantes retornam às aulas na rede pública de ensino. Todos eles de forma remota, com aulas online, e vendo a professora apenas pela tela do celular ou do computador.

Devido a pandemia do novo coronavírus, desde o ano passado, os professores tanto da rede municipal quanto da estadual de ensino, trabalhando de casa. Muitos tiveram que melhorar a rede de internet, mudar os horários, para se adequar às dificuldades dos alunos e oferecer um ensino de qualidade, mesmo que a distância.

Em 2021, ainda em meio à pandemia, a maioria acreditava que continuaria dando aulas de casa. Mas os profissionais da rede municipal foram surpreendidos ao serem informados que deverão ir pra escola diariamente, mesmo sem aluno.

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de Pará de Minas (SITRASERP), que representa a categoria, não é a favor deste retorno. A presidente Tânia Valeriano Chaves Leite explica que os professores estão trabalhando ainda mais em casa, e estarem nas ruas provocará aglomerações e mais pessoas em movimento:


Tânia Valeriano Chaves Leite

taniavclretoprof1

O SITRASERP pretende acionar a justiça e solicitar um mandado de segurança para impedir que os profissionais trabalhem diariamente nas escolas neste momento mais crítico da pandemia no Brasil.

A presidente questiona ainda se as escolas estão preparadas e se há instrumentos e equipamentos para que o professor possa trabalhar na instituição de ensino:

Tânia Valeriano Chaves Leite
taniavclretoprof2

Quanto ao protocolo criado em Pará de Minas para retorno seguro e gradual às escolas, o SITRASERP não foi convocado para ajudar e nem autorizado a participar do Comitê que define as medidas de restrições na cidade:

Tânia Valeriano Chaves Leite
taniavclretoprof3

Até o início da noite de sexta-feira, 5 de março, nenhum documento que legaliza o retorno presencial às escolas municipais havia sido publicado no site da Prefeitura.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!