Morre ex-prefeito Silésio Mendonça e velório será na Câmara Municipal. Conheça a história do líder político

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O ex-prefeito, ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Pará de Minas Silésio Mendonça morreu nesta quarta-feira, 6 de fevereiro. Ele estava internado em um hospital em Belo Horizonte tentando se recuperar de um infarto do miocárdio, que ele sofreu no fim de semana.

Silésio Mendonça morreu aos 84 anos e seu corpo será velado nesta quinta-feira (7) a partir das 5 horas na Câmara Municipal. O sepultamento está marcado para as 15 horas no Cemitério Santo Antônio.

Assim que tomou conhecimento da morte ex-companheiro, o presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal Dilhermando Rodrigues Filho (PSDB) divulgou nota de pesar lamentando o fato.

O prefeito de Pará de Minas Elias Diniz (PSD) também divulgou nota lamentando profundamente o falecimento do ex-prefeito e ex-vereador Silésio Mendonça, se solidarizando com seus familiares. Destacou também que são incontestes as importantes iniciativas de Silésio Mendonça em favor do desenvolvimento de Pará de Minas. Por meio de sua atuação à frente do Poder Executivo e também junto ao Legislativo, nosso município foi contemplado com diversas realizações que demonstraram sua vocação pública e o compromisso com nossa comunidade, disse o prefeito.

Elias Diniz também decretou luto oficial de três dias em Pará de Minas, em reconhecimento a essa lamentável perda.

Biografia de Silésio Mendonça
O cidadão Silésio Mendonça nasceu em 28 de dezembro de 1935, filho de Francisco Marinho Mendonça e Rita Almendro Mendonça natural de Pará de Minas, casado com Maria Helena Ferreira Mendonça, pai de Silvana, Heloísa e Silésio Júnior. Também era avô de João Victor e Pedro Augusto. Além da trajetória política, também era aposentado como bancário do extinto Banco do Estado de Minas Gerais (BEMGE)

Órfão de pai aos seis anos de idade, começou a trabalhar como vendedor de bananas e posteriormente entregador de carne; auxiliar de serviços gerais no Centro Literário Pedro Nestor e auxiliar de mecânico na montagem da Companhia Fiação e Tecelagem Pará de Minas, hoje Coopertêxtil. Foi tecelão da Companhia Fiação e Tecelagem São Geraldo em Belo Horizonte. Em 1957, nomeado escriturário do então Banco Mineiro de Produção, posteriormente BEMGE, onde aposentou após 32 anos de prestação de serviços.

Foi Vereador atuante em Pará de Minas, por 12 anos, no período de 1977 a 1988; prefeito no período de 1993 a 1996 e novamente eleito vereador para a legislatura 2013/2016.

Em sua atuação na prefeitura de Pará de Minas, Silésio Mendonça ampliou e modernizou a Policlínica Nossa Senhora da Piedade, criou vários postos de saúde nos bairros São Cristóvão, São Pedro, Padre Libério, Vila Nossa Senhora Aparecida, Santa Edwiges (CAIC) e no distrito de Ascensão. Contratou vários médicos especialistas, ampliou e adequou o serviço de atendimento odontológico à população, tornando mais eficiente e abrangente, implantou o sistema de atendimento médico rural gratuito, beneficiando 19 comunidade rurais do município. Também criou o CERSAM, importante e eficiente Centro de Referência de Saúde Mental.

Em sua gestão Silésio Mendonça criou o CAIC, escola de tempo integral no bairro Santa Edwiges, construiu escolas no bairro Serra Verde – Izaltina Mendonça Meireles e no distrito de Córrego do Barro – Mozart Campos Moreira. Também reformou e ampliou a Escola Estadual Professor Wilson de Melo Guimarães e mais oito escolas municipais rurais, promoveu vários cursos de qualificação para todos os professores da rede municipal de ensino,  distribuiu mais de 1.200 bolsas de estudo, integral ou parcial, para o ensino médio e superior. Também doou um terreno de 13 mil metros para ampliação da Faculdade de Pará de Minas (FAPAM) e assinou convênio para a implantação do Projeto Curumim no bairro JK.

Como prefeito também negociou e promoveu a instalação da empresa japonesa Sumidenso e a concessionária Chevrolet Invicta em Pará de Minas.

Também duplicou a entrada da cidade, compreendendo as ruas Antônio Rocha, João do Neto e avenidas Ovídio de Abreu e Brasil, construindo enorme e extenso muro de arrimo divisor de pistas, arborizando e embelezando. Ainda duplicou a Rua Nova Serrana, construiu a Ponte da Amizade, interligando os bairros São Luís e Dom Bosco, pavimentou e proveu de iluminação o acesso ao bairro Padre Libério, calçou mais de 104 mil metros quadrados de ruas e avenidas dos bairros Recanto da Lagoa e Santa Edwiges, inclusive implementando e executando a rede de esgotamento de águas pluviais, com mais de 150 bocas-de-lobo, através de recursos do Programa Somma, e mais de 56 mil metros quadrados em outros bairros e zona rural. Também instalou mais de 1.380 postes de iluminação em toda a cidade, assinou convênio para a construção de 103 casas populares no bairro São Cristóvão, melhorou o sistema de abastecimento de água na zona rural através da implementação de captação e distribuição de água em diversas comunidades, levando qualidade de vida aos seus moradores.

Ainda em sua gestão á frente da prefeitura de Pará de Minas, Silésio Mendonça promoveu a construção dos ginásios poliesportivos dos bairros Nossa Senhora de Fátima e São Cristóvão, a instalação do Centro de Atividades do Trabalhador (CAT) em uma parceria entre a prefeitura e SESI/MG. Também concluiu as obras da primeira etapa do Parque do Bariri, reformou, ampliou e construiu oito praças públicas, promoveu campeonatos de Fórmula Kart, de torneios de vôlei de areia no Parque do Bariri, e de ruas de lazer em vários bairros.

Silésio Mendonça foi o responsável pela conclusão das obras da Casa de Cultura, implantou projetos culturais como Coreto Cinco para Seis, Vá a Praça, Prestigie Nosso Artesanato, que levou para a Praça Padre José Pereira Coelho a feira dos artesãos e artistas diversos da cidade, definitivamente colocando a praça como um ponto de encontro da população de Pará de Minas com a cultura e lazer nas manhãs dos sábados. Ainda promoveu a instalação da brinquedoteca na Casa da Cultura e criou a Escola Municipal de Música Geraldinho do Cavaquinho.

O ex-prefeito foi responsável pela criação do Procon Municipal, importante órgão na defesa do consumidor. Implantou o sistema rotativo Faixa Azul, com renda em benefício da Cidade Ozanam. Estabeleceu a sede da Secretaria de Obras, Almoxarifado de Obras, Usina de Asfalto e Oficina e Garagem da Prefeitura no alto da Avenida Ovídio de Abreu, na entrada da cidade, em ampla e adequada área, dotando de recursos e modernidade este epicentro da Administração Pública de Pará de Minas, local hoje transformado no Terminal Rodoviário Antônio Epaminondas Marinho. Criou e implantou a Feirinha do Produtor Rural.

A assistência social apoiou à APAE e o Patronato, destinando verbas mensais para ajudar na manutenção dos serviços dessas entidades.

Promoveu a construção do Quartel da Polícia Militar Rodoviária na rodovia MG-431 em Parceria Público Privada com empresas, prefeituras da região e moradores. Também construiu postos policiais no bairro São Pedro e no distrito de Torneiros, casas para policiais militares na zona rural e a reforma da sede da Delegacia Regional da Polícia Civil e do subdestacamento da Polícia Militar no distrito de Tavares de Minas.

Silésio Mendonça foi agraciado com o título de Prefeito da Saúde, concedido pelo Conselho Municipal de Saúde, em reconhecimento pelo trabalho em prol da saúde pública no município.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!