Reunião semanal da Câmara Municipal durou menos de 10 minutos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

cadeiras_camara_municipal050916
No início da noite desta segunda-feira, 5 de setembro, os vereadores se reuniram para a reunião semanal conforme determina o Regimento do Legislativo paraminense. Porém, a reunião teve duração inferior a dez minutos.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Durante o encontro desta noite, foi proferida a leitura da ata da reunião anterior, seguida da abertura da reunião, espaço para apresentação de proposições sem discussão e logo após as considerações finais.

Os vereadores se mantiveram calados em sua maioria, mas houve manifestação para cerca de meia dúzia de pessoas que estavam nas galerias da Câmara Municipal, que ficaram vazias em quase sua totalidade.

Um deles disse que apesar de não ter nada para discutir ou votar em plenário por causa dos impedimentos previstos na legislação eleitoral, os vereadores continuam analisando e discutindo alguns projetos que tramitam nas comissões internas do Legislativo paraminense.

O procurador Jurídico da Câmara Municipal, Antônio Carlos Lucas, confirma a existência de projetos em tramitação que tratam da Lei de Diretrizes Orçamentários, subvenções e o que versa sobre o Plano Municipal de Cultura.

antonio_carlos_lucas050916
Também falou que os vereadores estão sendo prudentes ao se resguardarem para que não tenham problemas durante o processo eleitoral, uma vez que a legislação que rege as eleições municipais sofreu muitas alterações para o pleito de 2 de outubro:

Dr. Antônio Carlos Lucas
rcmpmantocrllc1

O procurador Jurídico da Câmara Municipal, Antônio Carlos Lucas também falou sobre o projeto que prevê o aumento de salário para os vereadores paraminenses que assumirem o cargo a partir de 1º de janeiro de 2017, quando terá início a próxima legislatura.

Ele argumenta que o projeto está na Casa, porém, a decisão de colocá-lo em votação ou não até o fim deste ano depende da Mesa Diretora da Câmara Municipal, após ouvir os demais vereadores. Assim, continua sem data prevista a apreciação em plenário do projeto que pode aumentar ou não os salários dos vereadores que vierem a ser eleitos em 2 de outubro de 2016.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!