Média móvel de Covid-19 em Pará de Minas é de 12 casos por dia; 91% dos leitos de enfermaria e 68% no CTI estão ocupados

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Nos últimos sete dias, Pará de Minas registrou 88 novos casos de COVID-19, o que significa uma média de 12 registros confirmados a cada dia do novo coronavírus. Números que assustam e deixar parte da população cada vez mais apreensiva.

Como o Município aderiu ao Minas Consciente, deveria seguir as regras do plano estadual, obedecendo as ondas que asseguram a retomada consciente das atividades econômicas.

Conforme publicado pelo Portal GRNEWS, Pará de Minas permanece, como na semana passada, na onda Amarela tanto pela macro como pela microrregião, da qual inclusive é sede. As regras são válidas até sexta-feira, 12 de janeiro.

Na cidade há ainda um decreto municipal que autoriza bares, restaurantes e lanchonetes funcionarem até 23 horas diariamente e ainda proíbe a realização de qualquer tipo de evento, evitando assim aglomeração de pessoas. Mesmo assim o que se vê são locais lotados, sem respeito ao distanciamento mínimo entre pessoas e muito menos utilizando máscaras. A fiscalização existe mas com poucos servidores fica difícil estar em todos os estabelecimentos da cidade.

O cálculo para saber se uma região regride, permanece ou avança entre as ondas do plano, é feito pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) que avalia vários critérios, e divulga os dados diariamente.

No caso da ocupação de leitos, a macrorregião Oeste está com 63,46% dos leitos de enfermaria ocupados. Em Pará de Minas a proporção é ainda maior, com 91,18% dos leitos ocupados. Deste total, 26,47% é de pacientes diagnosticados com COVID-19.

Quanto aos leitos de CTI, Pará de Minas tem, segundo a SES, 68,09% de ocupação, sendo que 44,68% é com pacientes que testaram positivo para o novo coronavírus.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!