Eduardo Barbosa cobra e DEER solicita orçamento para realizar tapa-buracos em rodovia atrás do bairro Santos Dumont

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Desde o ano passado que o trecho urbano da rodovia BR 352 em Pará de Minas é alvo de muitos protestos dos paraminenses. Muitos acidentes aconteceram na estrada esburacada, com vítimas feridas, fatais e muitos danos materiais.


A situação crítica da via gerou questionamentos junto a Coordenadoria Regional do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG) em Pará de Minas. Porém, seus gestores afirmaram que aquele trecho havia retornado para a responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT).

Já os representantes do DNIT se recusavam a realizar obras no trecho urbano da BR 352 em Pará de Minas sob o argumento que a responsabilidade pela via continuava com o DEER-MG.


Enquanto isso o número de buracos e acidentes naquela via aumentaram consideravelmente. Prefeitura e Câmara Municipal de Pará de Minas também não conseguiram nada mais que negativas por parte do DEER-MG e do DNIT.


A pressão popular aumentou e no dia 17 de janeiro de 2019 o Portal GRNEWS publicou a declaração do vice-prefeito e secretário municipal de Obras e Infraestrutura José Porfírio de Oliveira Filho (PV), na qual afirma que mesmo não sendo responsabilidade do município, a prefeitura investiu cerca de R$ 150 mil, utilizando aproximadamente 27 toneladas de massa asfáltica para tapar buracos no trecho urbano da BR 352.


Porém, as chuvas que caíram na região de Pará de Minas de lá para cá contribuíram para que os buracos tomassem conta da via novamente, facilitando a ocorrência de novos acidentes. A população protestou novamente.


Para piorar, na manhã desta quarta-feira, 4 de abril, a reportagem do Portal GRNEWS esteve na rodovia BR 352 e alguém ateou fogo às margens da via, comprometendo a visão dos motoristas.


Na segunda-feira, 1º de abril, o deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB) esteve em Pará de Minas e foi informado da situação envolvendo DNIT e DEER-MG que não assumiam a responsabilidade pela manutenção da via e prometeu agir para tentar resolver o problema.

No mesmo dia ele e sua equipe fizeram contatos com a coordenação do DEER-MG em Pará de Minas e também foi informado que a BR 352 ficou de fora do contrato de cessão da rodovia do DNIT para o DEER-MG.


Então o parlamentar paraminense fez contato com o DNIT, que por sua vez não aceita esta versão, e alega que é do DEER-MG, ou seja, de competência estadual.

Soube também que o DEER-MG de Pará de Minas está fazendo algumas melhorias, como limpeza das margens no lado do bairro Santos Dumont até o entroncamento com trevo do bairro São Paulo.


Após intervenção do deputado federal Eduardo Barbosa, mesmo alegando que a responsabilidade é do DNIT, a coordenação do DEER-MG Pará de Minas disse que para realizar o tapa-buracos e a limpeza do outro trecho, eles precisarão de material e recursos financeiros. Por isso, na terça-feira, 2 de abril, enviou para a chefia do DEER-MG em Belo Horizonte o orçamento desta recuperação.


Além disso, o deputado federal Eduardo Barbosa também reforçou o pedido por meio de ofício encaminhado á direção do DEER-MG, no qual solicita a recuperação da BR 352, que é uma via de tráfego constante.

No documento o parlamentar destaca que a rodovia apresenta vegetação lateral com altura e volume consideráveis, além de buracos em seu perímetro, o que dificulta o trânsito local, gerando desconforto, má visibilidade, trazendo insegurança aos seus usuários.


O deputado federal Eduardo Barbosa também prometeu acompanhar de perto este processo, juntamente com sua assessoria, para que o serviço seja feito rapidamente.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!