A tecelagem de Pará de Minas do chão das fábricas ao glamour dos desfiles de moda retratados em exposição

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A exposição “A Tecelagem de Pará de Minas – do Chão das Fábricas ao Glamour dos Desfiles de Moda” será aberta na Casa da Cultura, dia 10 de abril, às 20 horas. Toda a população está convidada a visitar.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A indústria têxtil está instalada em Pará de Minas desde o ano de 1895. Durante muitos anos foi o principal ramo de atividade econômica e tem muitas histórias para serem reveladas. Até mesmo famílias foram formadas nas fábricas.

Muitos trabalhadores se conheciam na fiação, tecelagem, acabamento e expedição das empresas. O quadro de funcionários incluía homens e mulheres batalhadores que suavam a camisa para ganhar o sustento.


Essa convivência resultou em belos trabalhos e muito aprendizado. Em muitos casos ocorreram até mesmo casamentos. Famílias inteiras passaram pelo setor que predominava em praticamente toda a região.

A história rica relembra as dificuldades dos empresários em produzir e manter os negócios diante de tantos desafios. Até mesmo o Hino de Pará de Minas, de autoria do saudoso Cônego Gabriel Hugo da Costa Bittencourt, contempla os teares das fábricas de tecido ao destacar Pará de Minas como a terra dos teares e dos sinos.

De acordo com José Roberto Pereira, diretor de Cultura, após minuciosa pesquisa foram reunidos diversos materiais para serem expostos. O acervo conta com documentos, fotos, peças de teares e outras atrações:


José Roberto Pereira

exposicaotextiljoserobertopereira

O decorador e estilista Wilson Júnior também trabalha no projeto de concepção da exposição. Ele informa que será realizado um desfile de moda durante a abertura com roupas que relembram a produção de tecidos em Pará de Minas:


Wilson Júnior
exposicaotextilwilsonjunior


A exposição “A Tecelagem de Pará de Minas – do Chão das Fábricas ao Glamour dos Desfiles de Moda” ficará aberta a visitação pública até o dia 7 de maio. Os interessados podem se dirigir até a Casa da Cultura, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, na praça Torquato de Almeida, 26 – Centro.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!