Após novo aumento, Procon orienta consumidores sobre compra do gás de cozinha

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Como o Portal GRNEWS adiantou, a alta no preço do gás de cozinha já impacta o orçamento das famílias e a receita dos restaurantes. O último aumento no valor do botijão de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o de 13 kg, mais utilizado, foi de 5,2%, cujo preço passou para R$ 36,69 nas distribuidoras, que já repassam diretamente a alta para o consumidor final.

O governo federal zerou os impostos federais sobre o preço do gás mas o que ajuda a encarecer o produto são os encargos estaduais. Diante disso, o Governo de MG criou um grupo de trabalho que promoverá estudos e propor normas relacionadas ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) nas operações internas. O governador Romeu Zema (Novo) inclusive afirmou que uma das prioridades da gestão é reduzir impostos.

Mas enquanto isto não acontece o paraminense, e o povo mineiro em geral, continua comprando o gás de cozinha com valor mais alto. Por isso o Portal GRNEWS ouviu o coordenador do Procon de Pará de Minas Bruno Soares de Souza que deu dicas importantes a respeito da compra.


Ele destaca que além de pesquisar o preço, o consumidor deve ficar atento à procedência do produto e analisar como está o botijão:

Bruno Soares de Souza
brunossdicasgas1

Ao realizar pesquisas, o consumidor precisa se atentar a todas as informações sobre a distribuidora e se notar algum problema como preços muito diferentes do habitual, é preciso denunciar:

Bruno Soares de Souza
brunossdicasgas2

Quem quiser tirar dúvidas pode procurar o Procon na Rua Alferes Esteves, nº 95, Centro de Pará de Minas, ou ligar nos telefones (37) 3231-9292 e 3231-9226.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!