Sinalização de trânsito é reforçada no bairro Nossa Senhora das Graças para minimizar riscos de acidentes

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


O bairro Nossa Senhora das Graças é um dos mais tradicionais de Pará de Minas. Devido à sua localização na região central do município as ruas são estreitas e precisam ser muito bem sinalizadas para minimizar os riscos de acidentes de trânsito.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter


Este é um dos motivos que justificaram o pedido do vereador Carlos Roberto Lázaro solicitar o reforço da sinalização no bairro Nossa Senhora das Graças. Ele confirma que a equipe da prefeitura já está atuando para revitalizar as placas e sinais de solo das vias que recebem nova camada de pintura.

Ele é morador do Nossa Senhora das Graças e lembra que em seu primeiro mandato solicitou ao então prefeito Eli Pinto de Faria o asfaltamento das ruas do bairro e foi atendido. Desde então, sempre solicita aos prefeitos que mantenham limpas e bem sinalizadas as vias para aumentar a segurança no trânsito:


Carlos Roberto Lázaro
carloslazarosinalizacao1


Sobre a sinalização de trânsito

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) define sinalização de trânsito como sendo um conjunto de sinais de trânsito e dispositivos de segurança colocados na via pública com o objetivo de garantir sua utilização adequada, possibilitando melhor fluidez no trânsito e maior segurança dos veículos e pedestres que nela circulam.

Placas de Regulamentação
Tem por finalidade informar aos usuários das condições, proibições, obrigações ou restrições no uso das vias. Suas mensagens são imperativas e seu desrespeito constitui infração. Exemplo: Para Obrigatória.

Placas de Advertência
Tem por finalidade alertar aos usuários da via para condições potencialmente perigosas, indicando sua natureza. Suas mensagens possuem caráter de recomendação. Exemplo: Curva acentuada á esquerda.

Placas de Indicação
Tem por finalidade identificar as vias, os destinos e os locais de interesse, bem como orientar condutores de veículos quanto aos percursos, os destinos, as distâncias e os serviços auxiliares, podendo também ter como função a educação do usuário. Suas mensagens possuem um caráter meramente informativo ou educativo, não constituindo imposição. Posicionam o condutor ao longo do seu deslocamento, ou com relação a distâncias ou ainda aos locais de destino. Exemplo: Identificação de Rodovias (BR-262).

Sinalização Horizontal
É um subsistema da sinalização viária que se utiliza de linhas, marcações, símbolos e legendas, pintados ou apostos sobre o pavimento das vias. Têm como função organizar o fluxo de veículos e pedestres; controlar e orientar os deslocamentos em situações com problemas de geometria, topografia ou frente a obstáculos; complementar os sinais de regulamentação, advertência ou indicação. Exemplo: Faixa Dupla Contínua (não permite ultrapassagem).

Gestos da Autoridade
Além das placas e das sinalizações de solo, os condutores de veículos e pedestres também precisam ficar atentos às ordens emanadas por gestos de agentes da autoridade de trânsito prevalecem sobre as regras de circulação e as normas definidas por outros sinais de trânsito.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!