Chapa das 15 mulheres domina e vence disputa no sindicato dos servidores com larga vantagem

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

sindicato_votacao
Foi realizada nesta terça-feira (02) a eleição da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Pará de Minas (Sitraserp). A votação começou pela manhã e se estendeu até as 17 horas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Duas chapas foram registradas e a campanha em busca de votos estava sendo feita com muito afinco por todos os concorrentes. Ao final, a chapa 1, encabeçada pela educadora Tânia Valeriana Chaves Leite, obteve 92 votos.

Já a chapa 2, encabeçada pelo servidor Islan César de Santana, obteve 59 votos. Também foi registrado um 1 voto em branco. Ao todo participaram 152 votantes que estão sindicalizados há no mínimo seis meses.

sitraserp2016_sindicato_servidores
O pleito foi coordenado pelo advogado Rômulo Mendonça, interventor nomeado pelo Ministério Público de Minas Gerais na Comarca de Minas Gerais. Ele explica que foi nomeada uma comissão eleitoral para cuidar de todos os detalhes do processo.

Ele informou que a campanha transcorreu tranquilamente e nenhum problema foi registrado durante a votação. A eleição valorizou ainda mais a entidade de classe e mostrou a participação ativa dos servidores municipais sindicalizados:

rommedn_sind
Rômulo Mendonça
elsitromulomendonca

O candidato Islan César de Santana afirmou que durante o processo eleitoral teve a oportunidade de mostrar boas propostas para os funcionários da prefeitura. Mesmo sendo derrotado, ele garante que apoiará a nova diretoria:

isln_sind
Islan César de Santana
elsitislancesar

A presidente eleita, Tânia Valeriana Chaves Leite, ficou muito emocionada com a vitória. Ela lembra que serão 15 mulheres à frente do movimento sindical e dispostas a enfrentar grandes desafios que se apresentarão:

tanvlr_sind
Tânia Valeriana Chaves Leite
elsittaniavaleriana

A posse da nova diretoria do Sitraserp deverá acontecer no dia 15 de agosto. O resultado da eleição e a convocação para posse ainda serão publicados pela comissão eleitoral que organizou todo o processo.

A chapa vencedora das 15 mulheres, além da presidente Tânia Valeriano Chaves Leite, conta ainda com a vice-presidente Maria de Fátima; Secretária-Geral Sônia Ricardo; Secretária-Adjunta Tânia Gonçalves; Tesoureira-Geral Cristiane Silva; Tesoureira-Adjunta Fátima Eleutério; Diretora Social Maria Betânia; Diretora de Assuntos Jurídicos Sirlene Pereira e Diretora de Formação Kátia Cirene.

Para o Conselho Fiscal, as efetivas Sandra Maria, Maria do Carmo e Sabrina Lopes. As suplentes serão Luciana Pereira, Gleide Teixeira e Vicentina.

As propostas da Chapa 1 são as seguintes:
Lutar pela revisão geral anual dos vencimentos dos servidores municipais de Pará de Minas.

Lutar pela defesa dos direitos dos servidores municipais e ajusta valorização nas negociações, na busca e garantia dos direitos sindicais, políticos, sociais e trabalhistas.


Trabalhar com transparência total dos procedimentos administrativos, jurídicos, sociais e financeiros da entidade através do portal do sindicato.


Criar um site para modernizar a estrutura do sindicato e permitir a fácil navegação e acesso às informações e 
documentos de modo que todos acompanhem regularmente nossas atividades.

Prestar contas sobre as receitas e despesas do sindicato através de relatório anual, balanço financeiro, expor as vantagens da filiação, dentre outros.

Atuar em parceria com os departamentos, por meio da elaboração de materiais de esclarecimentos destinados à direção do Sindicato e aos servidores municipais.


Organizar e atuar em questões de ordem jurídica de acordo com as políticas definidas nas instâncias deliberativas deste Sindicato, avaliação de ações jurídicas e coordenação da assistência jurídica dada pelo sindicato aos filiados.


Atuar em parceria com o departamento de Formação, elaboração, discutindo e encaminhando as Políticas Sociais Gerais.


Articular o Sindicato com entidades superiores no Sistema Confederativo da Representação Sindical.

Garantir assistência médica e odontológica aos associados e a seus dependentes.

Ouvir as reivindicações dos servidores e suas propostas e buscar todos os recursos possíveis para atender com qualidade às demandas, politizando-as numa luta coletiva.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!