Ascipam entregará a Antônio Júlio planilha de custos do projeto Olho Vivo em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

parademinas_cidade
Há aproximadamente um ano e meio a Associação Empresarial de Pará de Minas (Ascipam) vem elaborando o projeto de instalação e manutenção do programa Olho Vivo no município.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A audaciosa proposta contará com trinta e cinco pontos de monitoramento que foram escolhidos com base nos relatórios de ocorrências da Polícia Militar de Pará de Minas. Os locais onde ocorre o maior índice de criminalidade.

Segundo levantamentos, cada câmera corresponde a quatro policiais militares durante patrulhamento. Com isso o ganho para a segurança pública será muito grande e auxiliará o trabalho das polícias Civil e Militar.

Carlos Henrique de Souza, presidente da Ascipam, informa que o mapeamento das áreas que serão monitoradas foi repassado para uma empresa que verificará se esses lugares possuem a rede de fibra ótica para acesso a internet:
carlhenr_olhvv

Carlos Henrique de Souza
carlhenr_olhvv1

Ele explica que os profissionais envolvidos estão consultando o departamento técnico da Polícia Militar. Com isso o sistema de Pará de Minas respeitará todos os padrões exigidos pelo governo do estado:

Carlos Henrique de Souza
carlhenr_olhvv2

A expectativa é de que na primeira quinzena de maio a Ascipam possa apresentar os custos do projeto Olho Vivo ao prefeito Antônio Júlio de Faria. O município de Pará de Minas deverá entrar com uma contrapartida no projeto.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!