Com exigência do exame toxicológico, CNHs bloqueadas no DETRAN serão impressas e entregues

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

caminhao_frango_rua
A notícia que candidatos a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E estavam esperando, finalmente foi dada. Quem solicitou o documento até o dia 02 de Março teve uma grande frustração, após o Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-MG) suspender a confecção depois que passou a vigorar a Lei Federal 13.103/15 que exige dos motoristas o exame toxicológico para adição de categoria.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A partir de agora todas as carteiras pendentes serão entregues, porém, sem prazo específico. Em Pará de Minas os documentos já estão sendo impressos para serem entregues aos seus proprietários.

A delegada Eliete Maria de Carvalho, titular da 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil em Pará de Minas e responsável pelo setor de trânsito na cidade, explica que o documento será entregue o mais rápido possível:

Eliete Maria de Carvalho
elitcrl_cnhtx1

A orientação do DETRAN-MG para os próximos candidatos a adição de categoria, é que procurem os laboratórios credenciados para realizarem o exame toxicológico, pois desde o dia 30 de Março de 2016, o Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) exige o resultado negativo de quem pretende adquirir o novo documento:

Eliete Maria de Carvalho
elitcrl_cnhtx2

Um dos questionamentos feitos pelo DETRAN-MG se refere ao custo elevado cobrado pelos laboratórios para a realização dos exames e também em relação a eficiência.

A delegada Regional de Pará de Minas afirma que a preocupação é com a segurança dos condutores, além de impedir que pessoas dirijam sob efeito de entorpecentes:

Eliete Maria de Carvalho
elitcrl_cnhtx3

Só em Minas Gerais mais de 7.700 CNHs estavam bloqueadas a espera da decisão da obrigatoriedade do exame toxicológico.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!