Consumidor pode sair ganhando se pesquisar preços na hora de comprar material escolar, alerta Procon

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A cada início de ano surgem muitas despesas obrigatórias para os brasileiros quitarem. Nesta lista consta o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), Seguro Obrigatório (DPVAT), Taxa de Licenciamento e Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O período também coincide com o fim das férias dos estudantes e o início do ano letivo nas escolas das redes públicas e privada. Com isso, a lista dos pais ou alunos cresce com a necessidade de comprar material escolar e pagar matrícula em escolas da rede particular.

O gasto por vezes excessivo nas festas de fim de ano é outro ingrediente complicador para o trabalhador brasileiro. Muitos ficam endividados e sem condições para arcar com as despesas obrigatórias no início do ano. A crise financeira e o desemprego em alta são outros complicadores.

No que se refere às despesas com a educação, os pais devem ficar atentos ao que é exigido pelos estabelecimentos de ensino. O órgão de defesa do consumidor sempre dá algumas dicas importantes para prevenir abusos.

De acordo com o advogado Bruno Soares de Souza, coordenador do Procon Municipal, as escolas não podem exigir as marcas do material escolar dos alunos ou materiais de uso coletivo. O consumidor também deve ficar atento se os descontos oferecidos pelas empresas estão sendo cumpridos:


Bruno Soares de Souza
brunosoaresescolar1

O consumidor que pesquisar preços e produtos também pode levar vantagem. A variação no mercado pode ser grande e com isso gerar uma economia para quem está comprando:

Bruno Soares de Souza
brunosoaresescolar2

Por outro lado, levar as crianças no momento de comprar materiais escolares pode sair bem mais caro para os pais:

Bruno Soares de Souza
brunosoaresescolar3

Em caso de dúvida ou precisar de orientação, o consumidor pode procurar o Procon Municipal. O órgão funciona na rua Alferes Esteves, 95, Centro, em Pará de Minas, no mesmo imóvel onde está localizada a agência do Sistema Nacional de Emprego (SINE).

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!