Equipes intensificam trabalho para concluir a UPA 24 Horas em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

upa24horas_para_de_minas2610116
Como o Portal GRNEWS divulgou recentemente a Prefeitura de Pará de Minas mantém em seu cronograma a previsão de inaugurar a Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas (UPA 24 Horas – Porte II) até o mês de dezembro de 2016.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Mesmo sem conseguir a reeleição, o prefeito Antônio Júlio de Faria tem afirmado certa frequência que as coisas não estão fáceis financeiramente para os municípios, mas a prefeitura não pode parar.

Com este propósito ele pediu ao secretário municipal de Saúde Cléber de Faria Silva e a empreiteira responsável pela construção da UPA 24 horas, que o trabalho fosse intensificado, para que ele possa entregar esta obra a população o quanto antes.

Na manhã de sábado a reportagem do Portal GRNEWS esteve na UPA 24 Horas e as equipes estavam trabalhando para concluir o projeto rapidamente. Na ocasião, além da instalação do sistema de climatização, eles atuavam em outras frentes.

O prefeito Antônio Júlio de Faria, o secretário municipal de Saúde, Cléber de Faria Silva e o assessor de Coordenação de Ações Estratégicas João Franco, também estiveram na UPA 24 Horas para verificar o andamento do serviço.

O prefeito acredita que a UPA 24 Horas trará muitos benefícios para a população paraminense. Uma delas é o reconhecimento por parte do Ministério da Saúde, o que significa repasse mensal de verba para ajudar no custeio da unidade.

Isso não acontece com o Pronto Atendimento Municipal José Porfírio de Oliveira (P.A), que também funciona no bairro Senador Valadares. A unidade entrou em funcionamento sem o reconhecimento do Ministério da Saúde. Por esta razão, não vem um centavo dos governos estadual e federal para ajudar na manutenção do Pronto Atendimento. Para garantir o funcionamento do P.A. a Prefeitura de Pará de Minas arca com uma despesa mensal aproximada de R$ 800 mil, verba esta, retirada 100% dos cofres municipais.

O prefeito Antônio Júlio de Faria reafirma que à UPA 24 Horas será referência em todo o Brasil pela integração que terá com o P.A. e pelo modelo em que o projeto vem sendo executado.

Ele também afirma que todo o mobiliário para equipa à UPA 24 Horas já foi adquirido. Garante que são equipamentos top de linha, capazes de proporcionar conforto aos servidores e usuários da UPA 24 Horas.

O secretário municipal de Saúde Cléber de Faria Silva disse ainda que à UPA 24 Horas e o Pronto Atendimento Municipal serão interligados por duas passarelas para facilitar a locomoção de profissionais e pacientes.

Destacou também as áreas amplas e separadas para receber pacientes masculinos e femininos durante o período em que estiverem na unidade em observação. As duas alas são separadas por uma sala onde ficarão médicos e equipes de enfermagem atentos aos pacientes.

Outra proposta inovadora é atender somente adultos na UPA 24 Horas. Com isso o Pronto Atendimento Municipal será exclusivo para atender as crianças e será um grande centro de pediatria, conforme previsto no projeto original.

Cléber de Faria Silva também destacou que a UPA 24 Horas receberá equipamentos modernos para exames, como Raio X, por exemplo. Argumenta que estes equipamentos ficarão em locais estratégicos, perto das passarelas de interligação das unidades de saúde, e poderão ser utilizados tanto por pacientes adultos, quanto pelas crianças.

Questionado se já definiu uma data aproximada para inaugurar a UPA 24 Horas, o prefeito Antônio Júlio de Faria disse que pretende entregar a obra antes do término de seu mandato em 31 de dezembro, mas depende de verbas.

Para não correr riscos, ele diz que está liberando a execução da obra por etapas, de acordo com a disponibilidade de dinheiro para investir na UPA 24 Horas.

Ele também lamentou ao ser informado na manhã de sábado (29), por um dos responsáveis pela obra, que eles haviam plantado flores no jardim existente na frente da UPA 24 Horas conforme previsto no projeto de paisagismo, mas alguém foi até lá e as arrancou e levou embora a maioria das flores. Com isso, mais dinheiro gasto, além do retrabalho. É preciso que todos tenham consciência que a UPA é um bem público para beneficiar a população de Pará de Minas. Assim, todos devem ajudar a cuidar daquele patrimônio.

O custo final da Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas (UPA 24 Horas – Porte II) está orçado em R$ 3.623.928,99. Os recursos foram enviados pelo Governo Federal, após ação parlamentar do deputado federal Eduardo Barbosa, além da contrapartida da Prefeitura de Pará de Minas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!