Antônio Júlio e Elias Diniz iniciam processo de transição e dizem que prefeitura não pode parar

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

equipes_transicao291016
Após as eleições municipais que culminaram com a vitória de Elias Diniz no dia 2 de outubro de 2016 e a consequente derrota do prefeito Antônio Júlio de Faria que tentava a reeleição, começaram os rumores sobre o processo de transição na Prefeitura de Pará de Minas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Muitos estavam curiosos para saber quais seriam os indicados por Antônio Júlio de Faria e pelo prefeito-eleito Elias Diniz para compor as equipes que atuarão juntas nos próximos meses debatendo sobre a situação administrativa e financeira do município.

O mistério foi desfeito oficialmente na manhã de sábado, 29 de outubro, durante reunião envolvendo as duas equipes e lideradas por Antônio Júlio de Faria e Elias Diniz.

Antônio Júlio de Faria escolheu para sua equipe o assessor de Coordenação de Ações Estratégicas João Franco, o secretário municipal de Saúde Cléber de Faria Silva, a secretaria municipal de Gestão Pública Luciana de Freitas Lemos, o Auditor de Controle Interno Ailton Rodrigues Maia e a assessora Jurídica Graziele Mássimo Ferreira da Silva.

A equipe de transição de Elias Diniz é formada por Fernando Amaral, Paulo Duarte, Júlio César de Oliveira, Gilberto Denoziro Valadares e Osvaldo de Melo Franco. Estes dois últimos não compareceram para participar da primeira reunião das equipes de transição.

O prefeito Antônio Júlio de Faria disse que o encontro foi apenas o primeiro passo para que as equipes se entendam e pondera que se trata de um ato normal, uma vez que a prefeitura não pode parar:

Antônio Júlio de Faria
transicaoajf1

O prefeito já havia dito que deixará dívida para seu sucessor. Até o dia 31 de agosto, quando foi fechado o terceiro quadrimestre de 2016, a dívida fundada da Prefeitura de Pará de Minas estava próxima de R$ 28 milhões, o que representa pouco mais de 15% da Receita Corrente Líquida do município. Antônio Júlio afirma que a dívida é perfeitamente administrável e acredita que deixará restos pagar em montante menor do que quando ele assumiu o cargo em 2013:

Antônio Júlio de Faria
transicaoajf2

Ainda sobre a questão financeira, em setembro de 2016 foi registrada uma queda de 8,27% da arrecadação de impostos no Brasil. Esse percentual é o pior para este mês nos últimos quinze anos. Apesar das promessas feitas pelo governo Michel Temer a curva não se inverte e a crise continua preocupando aos brasileiros. A situação nas prefeituras é ainda pior na avaliação do prefeito:

Antônio Júlio de Faria
transicaoajf3

O prefeito-eleito Elias Diniz disse que o primeiro encontro foi muito importante para alinhar as equipes. Também concorda com Antônio Júlio em dois pontos: a prefeitura não pode parar e a transição será tranquila:

Elias Diniz
transicaoeldz1

Existe a curiosidade sobre os secretários municipais a serem indicados pelo prefeito-eleito Elias Diniz. Questionado se os membros de sua equipe de transição estariam cotados para estes cargos, ele respondeu que por enquanto são apenas colaboradores. Também confirma que fará uma reforma administrativa e reduzirá o número de secretarias na Prefeitura de Pará de Minas:

Elias Diniz
transicaoeldz2

Elias Diniz conquistou o cargo de prefeito de Pará de Minas na terceira tentativa. Este era um sonho que ele tinha e até por isso, afirma que se preparou muito para assumir esta responsabilidade:

Elias Diniz
transicaoeldz3

O primeiro encontro entre os membros das equipes de transição, com as presenças do prefeito Antônio Júlio de Faria e do prefeito-eleito Elias Diniz, foi realizada na manhã de sábado (29) na sala de reuniões da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!