Polícia Militar realiza ações para combater o transporte clandestino de passageiros em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

transito_carro_moto_rua_benedito_valadares_centro050716
O Portal GRNEWS publicou reportagem em que taxistas denunciaram o transporte clandestino que estaria sendo realizado em Pará de Minas. Seriam carros particulares levando passageiros para os diversos destinos dentro e fora do município.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Em grandes cidades, principalmente nas maiores capitais do país, o uso do aplicativo Uber para contratação do serviço de transporte de passageiros tem gerado muitas discussões e até agressões.

Já os taxistas paraminenses reclamam que esses serviços não são regulamentados, não pagam os devidos impostos e comprometem o faturamento deles. Os veículos de táxis passam por rigorosa vistoria e são obrigados a pagar diversas taxas.

Por outro lado, um cadeirante deu outra versão para a polêmica. Ele afirmou já solicitou o serviço e um taxista o transportou até Belo Horizonte em um carro particular, enquanto o táxi do mesmo atendia outros passageiros em Pará de Minas.

Em outras palavras, Liberal Chaves Diniz salientou que o referido taxista também estaria contribuindo para o transporte clandestino. Ele disse ainda que alguns táxis não atendem suas chamadas porque não querem transportar sua cadeira de rodas.

O representante dos taxistas explicou que toda a categoria deve atender as solicitações de qualquer passageiro, pois o serviço foi concedido pelo poder público municipal para ser executado. Caso algum colega não possa atender uma pessoa com deficiência, deve chamar outro que possa. Se isso não acontecer, Itelmaia Soares orientou que o passageiro acione a Polícia Militar e registre uma ocorrência.

bernardo_arthur_wenceslau050816
A reportagem procurou a Polícia Militar de Pará de Minas para abordar essa questão do transporte clandestino de passageiros. De acordo com o Tenente Bernardo Artur Wenceslau, os militares trabalham nesses casos a partir de denúncias e tem realizado operações específicas para coibir essa prática ilegal:

Tenente Bernardo Artur Wenceslau
tctenentebernardoarturwenceslau1

O oficial informou que a 19ª Companhia Independente da Polícia Militar participou de uma reunião com representantes da empresa responsável pelo transporte coletivo urbano para tratar do problema.

Ele pede aos passageiros para não usarem os veículos clandestinos para que a atividade ilegal não seja incentivada. Além disso, o usuário pode estar sujeito a crimes e acidentes com graves consequências no futuro:

Tenente Bernardo Artur Wenceslau
tctenentebernardoarturwenceslau2

Caso algum passageiro seja testemunha de veículos particulares que estão fazendo o transporte clandestino em Pará de Minas, ele poderá denunciar o carro, informar a placa, a hora do fato e o motorista, através do telefone 190 da Polícia Militar.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!