Casos de assassinatos não foram esclarecidos e PC procura envolvidos em roubos de veículos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

delegacia_policiacivil
Mesmo com um quadro cada vez mais reduzido de investigadores, a Polícia Civil de Pará de Minas continua trabalhando com afinco na tentativa de elucidar os crimes ocorridos na região nos últimos meses.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Os trabalhos periciais, colhendo informações e ouvindo testemunhas dos fatos, exigem muita diligência por parte dos agentes de segurança pública. Todas as provas são incluídas no inquérito que é remetido à Justiça.

Sobre os assassinatos registrados na região, o serviço de inteligência e monitoramento da Polícia Civil continua levantando todos os detalhes sobre os bárbaros crimes que acabaram ceifando vidas.

Entre eles, o assassinato do policial militar da reserva, Sílvio Vicente da Silva, de 46 anos, conhecido popularmente como Tigrão. Ele foi executado a tiros enquanto fazia a segurança de um posto de combustíveis na avenida Professor Mello Cançado, no bairro Belvedere.

O crime aconteceu no início da tarde do dia 24 de agosto do ano passado. Segundo as investigações da Polícia Civil, uma funcionária do estabelecimento teria passado informações para os criminosos e o mentor seria Geraldo Cláudio Alves, o Paulista, que continua foragido.

Outro caso que chocou recentemente a população foi o assassinato do advogado Arthur Wallace Barbosa. Ele foi morto a tiros em uma rua próxima ao Parque do Bosque, no bairro Recanto da Lagoa.

Outros crimes também continuam sendo averiguados e serão esclarecidos no tempo devido, como explica Carlos Henriques Gomes Bueno, delegado titular da Delegacia Regional da Polícia Civil em Pará de Minas:

Carlos Henrique Gomes Bueno
invcarloshenriquegomesbueno1

Sobre o aumento do índice furtos e roubos de veículos em Pará de Minas, ele confirma que a situação é preocupante em toda a região. Entretanto, o combate tem sido realizado efetivamente e muitos carros e motos estão sendo recuperados:

carlos_henrique_gomes_bueno040716
Carlos Henrique Gomes Bueno
invcarloshenriquegomesbueno2

O delegado afirma ainda que existem quadrilhas que recebem os veículos furtados e fazem o desmanche. É feita a retirada das peças e a comercialização delas no mercado, evitando levantar qualquer suspeita:

Carlos Henrique Gomes Bueno
invcarloshenriquegomesbueno3

A sociedade pode ajudar a Polícia Civil através de denúncias anônimas através do Disque Denúncia Unificado – 181. As informações auxiliam nas investigações e agilizam todo o processo de identificação dos autores dos delitos.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!