Fotos nas redes sociais sugerem que servidores municipais atearam fogo em vegetação. Secretário desmente

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Imagem Redes Sociais

Uma sequência de fotos mostrando alguns agentes de Combate a Endemias da Secretaria Municipal de Saúde realizando um serviço no bairro Belvedere, nos fundos do Terminal Rodoviário Antônio Epaminondas Marinho, em Pará de Minas, circulou nas redes sociais. Ao lado deles havia fogo na vegetação.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Com isso, quem fotografou e publicou, além daqueles que compartilharam as fotos nas redes sociais, sugeriram que o fogo na vegetação teria sido provocado na pelos agentes de Combate a Endemias.

As imagens mostram um incêndio queimando a vegetação e servidores públicos recolhendo materiais e colocando em uma picape. Junto aos agentes, estava o gerente de Combate a Endemias Adilson José Batista, que desmentiu a versão na tarde de segunda-feira, 18 de setembro.

Ele disse que o local é usado para descarte de lixo e os agentes sempre passam por lá para recolher o que os outros descartam. Afirmou que quando eles chegaram o fogo já estava aceso.

Imagem Redes Sociais

Além de desmentir as redes sociais, ele afirmou que as imagens mostram a equipe com a picape lotada de entulho e todos carregando sacos de lixo, caso eles fossem responsáveis pelo fogo, certamente não recolheriam lixo algum bastava começar o um incêndio. Adilson José Batista também recriminou o responsável que destruiu a vegetação nessa época de tempo seco.

Mas o assunto não morreu e as fotos continuaram sendo compartilhadas e atribuindo a queimada aos servidores da prefeitura. Ainda afirmavam que o poder público precisava dar exemplo. A informação inconsistente se propagou rapidamente nas redes sociais.

A consequência foi uma enxurrada de críticas à administração municipal, apesar da negativa da tarde de segunda (18). Para esclarecer de vez a questão, nesta terça-feira, 19 de setembro, o secretário municipal de Saúde, Paulo Duarte, resolveu se manifestar publicamente sobre o assunto. Ele explica que a equipe estava fazendo a limpeza da área e em momento algum ateou fogo:


Paulo Duarte
incendiopauloduarte1

Ressalta que os agentes estão focados no trabalho de combate ao mosquito transmissor da Dengue e passarão por mais uma capacitação em breve, com o objetivo de aperfeiçoar sempre. A equipe vem trabalhando arduamente para deixar a cidade mais limpa e livre de doenças:

Paulo Duarte
incendiopauloduarte2

Provocar queimadas é crime ambiental passivo de multa e prisão em flagrante. Qualquer ação desta natureza deve ser denunciada a Polícia Militar através do telefone 190.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!