Licitação continua suspensa; prefeitura e Turi aguardam novo parecer do TCE para melhorar transporte coletivo

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Em outubro de 2019 os usuários do transporte coletivo ficaram felizes ao saber que enfim a licitação para contratar empresa responsável pelo transporte coletivo no município havia chegado ao fim.

A Turi – Transportes Urbanos e Rodoviários Ltda., que já presta o serviço na cidade, foi a vencedora do processo licitatório. Para participar do edital, a empresa teve que apresentar além da proposta comercial, uma planilha sobre como se adequaria às exigências.

Mas sete dias depois do fim do processo, a Prefeitura foi pega de surpresa com nova solicitação do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG). A Primeira Câmara do TCE decidiu suspender imediatamente a licitação.

Segundo os técnicos do TCE, a licitação causou “violação à isonomia entre os licitantes em benefício da concessionária atual, detentora dos dados reais do serviço transporte coletivo”.

A área técnica constatou ainda “risco potencial de dano ao erário decorrente de inconsistências na planilha de custos e no cálculo da taxa de remuneração do capital, bem como de divergência entre os valores tarifários de referência e a tarifa máxima”. O valor contratual está estimado em R$ 88.278.225,10.

Desde então a Turi, vencedora da licitação e a Prefeitura, aguardam uma resposta do TCE, após enviar toda a documentação solicitada.

Nesta segunda-feira, 13 de janeiro, o diretor-geral da Turi Cristiano Paiva Constantino, e o gerente Djalma Rocha, estiveram reunidos com o prefeito Elias Diniz (PSD) e trataram do assunto.

Após o encontro, o prefeito disse que novos documentos e solicitações serão enviados ao TCE que está em recesso, porém há técnicos plantonistas. Os pedidos são para análise rápida do processo licitatório e consequentemente liberação para assinatura do contrato:


Elias Diniz
eliasdinizsitturi20201

Mesmo com o processo suspenso, o prefeito e a equipe da Turi buscam formas de melhorar o serviço oferecido à população de Pará de Minas. Como exemplo, eles discutem a possibilidade de criar linhas bairro/centro. Isto, segundo especialistas em trânsito, pode melhorar o fluxo em geral:

Elias Diniz
eliasdinizsitturi20202

O Portal GRNEWS apurou que por enquanto não haverá aumento do valor da passagem de ônibus na cidade, atualmente R$ 3,20. O prefeito Elias Diniz não teria autorizado a Turi a reajustar o valor enquanto o novo contrato não for assinado e as exigências do edital, cumpridas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!