Levantamento ambiental será realizado na Vila Maria como parte do projeto Árvore é Vida

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

arvores_rua_passeio
A novidade foi apresentada nesta quinta-feira (12) como parte do projeto “Arvore é Vida”, que já vinha sendo desenvolvido em Pará de Minas. O levantamento será monitorado em uma parceria firmada entre uma aluna da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Secretaria Municipal de Agronegócio, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Na oportunidade foi feita a demarcação de pontos na esquina das ruas Engenheiro José Guimarães e Vicente Porfírio de Oliveira, na Vila Maria, em Pará de Minas. Com o auxílio de equipamentos foram realizadas algumas medições.

arvoreevida
O primeiro trabalho foi de medição de velocidade do vento, temperatura, umidade relativa do ar, entre outros quesitos relacionados com a meteorologia. O objetivo é observar o impacto da arborização no meio urbano.

As informações estão sendo colhidas por Valéria Sandy Mascarello, mestranda da Faculdade de Arquitetura da UFMG. Ela afirma que a cidade está pouco arborizada e foi difícil encontrar um local ideal para a pesquisa.

A partir desses levantamentos será produzida uma dissertação de mestrado que será apresentada também ao poder público municipal com o intuito de mostrar a importância de promover o plantio de árvores da forma adequada:
valrsd_arv

Valéria Sandy Mascarello
valrsd_arv

Rafaela Oliveira, secretária municipal de Agronegócio, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, informa que o estudo de mestrado será um parâmetro para mostrar como deverão ser feitos os plantios de mudas de árvores:
raflv_arv

Rafaela Oliveira
raflv_arv

Eduardo Wagner Pereira, diretor da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, pede a colaboração dos moradores da Vila Maria para não arrancarem as demarcações que estão sendo feitas nos pontos de medições:
edwag_arv

Eduardo Wagner Pereira
edwag_arv

Entre os meses de setembro e outubro a mestranda estará retornando a Vila Maria para realizar novas medições com modernos equipamentos que estarão ligados a um programa de computador que processará os dados.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!