Muitos paraminenses pretendem pagar IPVA parcelado; município tem frota de quase 58 mil veículos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O município de Pará de Minas registrou até outubro de 2018 uma frota de 57.500 veículos licenciados e a previsão de arrecadação com o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2019 é de um montante de R$ 29 milhões:

De acordo com a Secretaria de Estado de Fazenda (SEFAZ) o tributo terá que ser quitado de acordo com o final da placa de cada veículo. A tabela começará no dia 14 de janeiro, quando vence o prazo para as placas de finais 1 e 2.

A sequência dos vencimentos da cota única ou da primeira parcela vai até o dia 18 de janeiro, quando deverão pagar o IPVA os donos de veículos com placas de finais 9 e 0. O mesmo procedimento ocorrerá em fevereiro e março.

Os contribuintes não precisam emitir nenhum boleto para pagar o imposto. Basta procurar os bancos credenciados e apresentar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM).

Esses dados constam no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). É sempre importante ficar atento às datas de vencimento para não pagar multas e juros por atraso.

O Seguro Obrigatório (DPVAT) também deverá ser pago juntamente com a primeira parcela do IPVA. Além disso, a Taxa de Renovação do Licenciamento Anual de Veículos Automotores (TRLAV) em 2019 será de R$ 102,41. Ela deverá ser paga até o dia 31 de março.

A reportagem do Portal GRNEWS ouviu alguns proprietários de veículos nas ruas de Pará de Minas. Tem pessoas mais precavidas que já quitaram o IPVA em parcela única. Porém, a maioria das pessoas ouvidas pretende parcelar o pagamento do imposto devido as dificuldades financeiras e a outros compromissos de início de ano como a aquisição de material escolar.

O açougueiro Anderson Soares da Silva se programou e já pagou o IPVA 2019 em parcela única, ficando livre de mais essa responsabilidade obrigatória. Para ele, a redução no valor do DPVAT ajudou:


Anderson Soares da Silva
andersonipva

O representante de vendas Cléber Lúcio Souza Freitas ainda não quitou o IPVA 2019. Pretende pagar na data do vencimento de maneira parcelada para se adequar a sua situação financeira:


Cléber Lúcio Souza Freitas
cleberfreitasipva

O aposentado José Alaércio Dias é mais um que ainda não pagou o IPVA 2019 e pretende pagar parcelado. Também considera caro o valor cobrado pelo imposto e já está preocupado com o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) que em Pará de Minas começa ser cobrado no mês de abril:


José Aláercio Dias
josealaercioipva

O contribuinte deve saber que de todo o montante arrecadado com o IPVA, 40% vai para o Governo de Minas Gerais, outros 40% para o município onde o veículo for licenciado e 20% para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB).

O desconto de 3% concedido para quem paga em conta única continua valendo. O desconto é por RENAVAM e não por proprietário. Outro benefício será o programa desenvolvido para o “bom pagador”.

Essa novidade prevê 3% de desconto e vale para os contribuintes que se mantiverem regulares por dois anos consecutivos e efetuarem o pagamento da cota única do IPVA 2019.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!