Paraminenses reclamam do preço e sentem no bolso os efeitos dos aumentos seguidos dos combustíveis

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A Petrobras anunciou para esta terça-feira, 5 de agosto, um novo aumento no litro da gasolina de 3,3% e do diesel de 0,1%. Com os reajustes consecutivos a gasolina acumulou um reajuste de 11,2% e o diesel de 8,94% nos últimos dias.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O aumento ocorrerá nas refinarias e faz parte da nova política de preços da estatal. Uma explicação técnica dada pelos diretores responsáveis por controlar as ações a serem adotada diante do mercado.

Porém, muitos dizem que esses aumentos em sequência se devem a passagem do Harvey, que a princípio era um furacão e foi rebaixado para tempestade tropical no estado do Texas, nos Estados Unidos da América, matando mais de 50 pessoas e causando prejuízos estimados em 180 bilhões de dólares, por enquanto. O Texas é um dos maiores produtores de petróleo do mundo e o mercado teme que os estragos causados pelo Harvey possam interferir nas refinarias. Antes de ter esta certeza, já estão aumentando os preços.

Importante destacar que recentemente o governo federal aumentou os impostos incidentes sobre os combustíveis. Com esses seguidos aumentos anunciados pela Petrobras, quanto mais o preço sobe nas bombas, mais o governo arrecada em impostos para minimizar o rombo das contas federais.

Mas estes constantes aumentos vêm apertando cada vez mais o orçamento das famílias. O Brasil está com 13,3 milhões de trabalhadores desempregados, segundo o IBGE, registrando queda na arrecadação e uma crise sem precedentes.

Para os profissionais do setor de transporte os reajustes só pioram a situação. O mototaxista Jessé Barbosa Pereira lamenta mais uma alta da gasolina e revela que muitos passageiros não estão utilizando o serviço:


Jessé Barbosa Pereira
aumentocombustiveisjesse

O taxista Íris Paulino Severino explica que os passageiros não estão utilizando o serviço de táxi por causa das dificuldades financeiras. Ele afirmou que o os combustíveis em Pará de Minas também são muito caros e sem grandes variações de um posto para o outro:


Íris Paulino Severino
aumentocombustiveisiris

Para Paulo Marinho, o governo não está conseguindo pagar suas despesas gigantescas e para piorar vem passando a conta para a população. Segundo ele, os combustíveis na cidade são os mais caros da região:


Paulo Marinho
aumentocombustiveispaulo

O motorista Vânio de Faria disse que a situação está ficando cada vez mais crítica. Lembra que o salário nunca é reajustado como deveria e o custo de vida continua aumentando consideravelmente:


Vânio de Faria
aumentocombustiveisvanio

O aumento dos combustíveis, especialmente o diesel, gera grandes impactos em produtos e serviços. Nos últimos anos o Brasil ficou dependente do transporte por meio de caminhões e carretas que são abastecidos com diesel.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!