Pokémon Go se transforma em armadilha para os desatentos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

pokemon_go1
Desde quarta-feira (03) já pode ser baixado nas lojas brasileiras de aplicativo da Apple e do Google o game Pokémon Go. O entretenimento já havia sido lançado nos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia, e se transformou em um fenômeno.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Trata-se de um jogo gratuito de smartphones que usa realidade aumentada e GPS para levar os monstrinhos para o mundo real. O objetivo é caçar, capturar e treinar todos os 151 pokémons.

pokemon_go2
Para isso os jogadores precisam andar pelas ruas da cidade para encontrar as criaturas. A tecnologia utiliza a função GPS e os jogadores são avisados quando estão próximos à localização de um monstrinho.

Um jovem no estado do Espírito Santo foi a primeira vítima de pessoas que aproveitam do jogo. O celular de um estudante de 14 anos foi roubado enquanto ele tentava capturar um pokémon no centro de Vila Velha.

Em Curitiba, capital do Paraná, um jovem foi atropelado e outros dois caíram em um lago durante a tentativa de pegar Pokémons. Esses episódios servem de alerta para todos os usuários do aplicativo.

De acordo com o tenente Bernardo Arthur Wenceslau, da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar de Pará de Minas, o jogo pode se transformar em uma verdadeira armadilha caso os devidos cuidados não sejam tomados:

Tenente Bernardo Arthur Wenceslau
ternberd_pkm1

ternberd_pkm
O militar informou que até o momento nenhuma ocorrência policial foi registrada em virtude do aplicativo. Ele ressalta que nenhum motorista deve jogar ao dirigir ou utilizar prédios públicos:

Tenente Bernardo Arthur Wenceslau
ternberd_pkm2

Segundo pesquisas recentes nos Estados Unidos, mais de 60% dos usuários que baixaram o “Pokémon Go” usam ele diariamente. O tempo médio gasto por dia no aplicativo era de 43 minutos e 23 segundos, mais do que WhatsApp, Instagram, Snapchat e Messenger.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!