Motoristas e cobradores reclamam de baixos salários e condições de trabalho no transporte coletivo

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

sindicato_motoristas_transporte
Nesta terça-feira (19) o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Pará de Minas realizou assembleia com os colaboradores da Turi – empresa responsável pelo transporte coletivo urbano de Pará de Minas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Entre as principais reivindicações, a jornada de trabalho, volta da cesta de Natal, do ticket alimentação e a construção de um refeitório para todos os colaboradores utilizarem no horário de almoço com conforto e comodidade.

Francisco Ferreira Borges, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Pará de Minas, ressalta que os profissionais precisam de um local adequado para tomarem uma refeição e se for preciso à questão será levada para o acordo coletivo:

Francisco Ferreira Borges
francbrg_mtr1

francbrg_mtr
Outra reclamação da categoria é em relação aos salários de motoristas e cobradores em Pará de Minas. De acordo com o sindicalista, a remuneração paga pela Turi é uma das mais baixas de Minas Gerais:

Francisco Ferreira Borges
francbrg_mtr2

Francisco Ferreira Borges afirma ainda que a empresa está usando a atual crise enfrentada pelo país como desculpas para tratar os trabalhadores de forma desumana, debaixo de pressão psicológica:

Francisco Ferreira Borges
francbrg_mtr3

Um cobrador da Turi disse que a empresa paga um salário muito baixo e não dá nenhuma assistência para quem foi vítima de assalto dentro dos lotações. Ele estava indignado com a situação e afirma que vem passando maus momentos:

Trocador
trocador_mtr

Um motorista de ônibus também estava revoltado com os cortes de benefícios e os baixos salários pagos pela Turi. Ele afirma que o profissional do volante recebe muito pouco para transportar vidas diariamente:

Motorista
matorista_mtr

A pauta de reivindicações dos funcionários da empresa de transporte coletivo foi definida. Agora o Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Rodoviário de Pará de Minas levará os termos acordados em assembleia ao conhecimento da Turi nos próximos dias, visando uma negociação.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!