Software de gestão promete reduzir custos com saúde para municípios que formam o CISPARÁ

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Nesta quarta-feira, 15 de fevereiro, foi apresentado um projeto moderno de gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) que poderá ser implantado pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto Rio Pará (CISPARÁ).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A entidade conta com a participação de oito municípios da região: Pará de Minas, Pitangui, Onça de Pitangui, Igaratinga, São José da Varginha, Pequi, São Gonçalo do Pará e Nova Serrana.

Trata-se de um programa com tecnologia avançada elaborado e aperfeiçoado a partir do ano de 2007, no município de Maringá, estado do Paraná. Atualmente ele atende a 50 unidades de saúde interligadas da cidade paranaense.

O software tem o prontuário eletrônico e é interligado a Secretaria de Estado de Saúde e ao Ministério da Saúde. As informações são importantes para evitar a repetição de exames, consultas e aplicação de vacinas.

Através de um amplo banco de dados os médicos terão acesso a todo o histórico de consultas, exames e medicamentos dos pacientes da rede pública de saúde. Dessa forma será possível gerir melhor os procedimentos.

De acordo com Elias Diniz (PSD), prefeito de Pará de Minas, a implantação do novo sistema terá um custo que será rateado entre os municípios integrantes do CISPARÁ. Inicialmente será preciso a definição sobre liberação de recursos por parte dos prefeitos:


Elias Diniz
programacisparaeliasdiniz1

Quando implantado o programa, um núcleo de atendimentos terá todas as informações referentes às demandas da saúde. A partir desses dados serão firmados os convênios para a realização de consultas, exames e cirurgias:

Elias Diniz
programacisparaeliasdiniz2

Márcio Bortolasci, diretor da empresa responsável pelo software, explica o sistema auxiliará no controle minucioso de todos os atendimentos e procedimentos médicos realizados em toda a região, reduzindo os custos:


Márcio Bortolasci
programacisparamarciobortolasci1

O programa avisa as unidades de saúde sobre as necessidades de cada paciente e também alerta para os riscos de epidemias. Uma forma de trabalhar preventivamente a saúde pública e evitar problemas futuros:

Márcio Bortolasci
programacisparamarciobortolasci2

A apresentação do projeto é direcionada a todos os prefeitos e secretários municipais de saúde que compõem o CISPARÁ. Posteriormente os gestores públicos definirão pela implantação ou não do programa.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!