Parceria qualifica mais de 8 mil profissionais de bares e restaurantes

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A parceria entre Abrasel e Sebrae, que desde 2019 lançou 30 cursos, já qualificou mais de 8 mil pessoas. Online e gratuitos, os cursos têm foco em boas práticas de gestão e operação para quem trabalha ou deseja trabalhar – em nível gerencial ou operacional – em bares, restaurantes, cafés, padarias, lanchonetes e similares. O convênio, que chega agora a seu fim, mas continuará com seus produtos disponíveis para os usuários, traz resultados expressivos que mostram o sucesso do projeto.

Os cursos foram desenhados no formato fast learning (rápido aprendizado), de veloz visualização e absorção do conhecimento, e combinam vídeos curtos (5 a 10 minutos) e e-books como material de apoio. Os participantes podem acessar a qualquer hora do dia, pelo celular ou computador. Para participar basta que a pessoa faça um simples cadastro nos sites da Abrasel ou Sebrae (EAD). A partir daí, o aluno acessa a área de qualificação e procura os cursos que atendem a sua demanda, com um teste ao final de cada um deles. O aluno que for aprovado no curso, tem direito a um certificado.

Além dos cursos, foram disponibilizados na plataforma da Abrasel cerca de 1.500 documentos em três eixos de necessidades: boas práticas operacionais, conteúdo de gestão e legislação para bares e restaurantes. O material, selecionado por um time especializado de curadoria também alimentou as respostas da Ava, a assistente virtual da Abrasel que responde dúvidas dos usuários com inteligência artificial. Tudo com acesso gratuito e irrestrito.

“Desde o começo do projeto, o objetivo foi aumentar a produtividade dos negócios de alimentação fora do lar com soluções de capacitação e qualificação aos profissionais da área por meio de um método online, rápido e inteligente, o que se se mostrou altamente eficaz neste duro momento de retomada das atividades”, revela Paulo Solmucci, presidente da Abrasel.

Com um tempo ocioso durante o período em que o estabelecimento em que trabalha ficou fechado devido à pandemia, o recepcionista bilíngue José Cláudio Gomes, de 26 anos, aproveitou para se qualificar. Ele fez 26 cursos que o ajudaram a ser um profissional mais abrangente em sua área. “Fiz cursos em áreas até que não estou diretamente envolvido, mais ligados à cozinha, mas me fizeram entender mais dos negócios da empresa”, diz.

Segundo o presidente do Sebrae, Carlos Melles, a parceria Sebrae Abrasel deixa, indiscutivelmente, um legado.

“Este novo momento nos ensinou muito. As empresas tiveram de mudar o jeito de vender seus produtos e serviços. O jogo mudou. Estamos deixando então um legado, pois disponibilizamos conteúdo gratuito para que donos de micro e pequenos negócios tivessem a oportunidade de se aperfeiçoar. No Portal Sebrae, temos trilhas de conhecimento que serão utilizadas por muito tempo, dada a qualidade dos vídeos e ebooks – e também pela atemporalidade dos temas tratados.”, argumenta o presidente

José conta que quando mostrou os diversos certificados ao seu gerente, que foi quem lhe sugeriu que fizesse os cursos, ele se assustou. “Acho que ele esperava que eu fizesse um ou dois, mas gostei da praticidade e rapidez dos cursos e acabei fazendo quase todos. Com o conhecimento adquirido pelos cursos, espero chegar a maître do Boteco Praia, em Fortaleza (CE), onde trabalha.

Todos os cursos estão divididos em cinco temas: gestão de pessoas; gestão de empresas; gestão da qualidade e processos; projetos e gestão de produtos. Até o momento, os cursos com mais demanda são: “Reabertura segura de bares e restaurantes”, e “Como desenvolver uma equipe com atendimento de excelência para obter resultados excepcionais”

Com mais de 30 anos de experiência no ramo de alimentação em Campo Grande (MS), a dona do restaurante japonês Ichiban, Maura Shiroma, se interessou pelos conteúdos na área de gestão de pessoas e fez três cursos. “A gente aprende muita coisa no dia a dia, mas é preciso buscar um aperfeiçoamento, uma atualização, e se modernizar”, comentou. A metodologia de rápido aprendizado dos cursos com vídeos curtos e o material de apoio no formato de e-books também chamaram a atenção da empresária. “Como não tenho muito tempo, gostei do método e pretendo fazer outros cursos, assim que eu puder”, ressaltou.

Parceria de sucesso
A ideia é tornar o conhecimento do setor amplamente acessível em qualquer parte do mundo. Para Paulo Solmucci, a Abrasel e o Sebrae são instituições referências para quem empreende no setor de alimentação fora do lar. “Reunimos um time de especialistas na área e ofertamos esse conteúdo de forma democrática, juntando em um só lugar informações confiáveis e de qualidade que irão ajudar as pessoas a otimizarem seus estabelecimentos, principalmente os pequenos negócios”, diz. Com Agência Sebrae de Notícias

PUBLICIDADE
Don`t copy text!