PRF apreende 43 motos e pássaros silvestres no Rio de Janeiro

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Operação Duas Rodas deflagrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 43 motocicletas, em Angra dos Reis, na Costa Verde do estado do Rio de Janeiro, para impedir a circulação de motos usadas para a prática de crimes na região.

A Duas Rodas, que começou na segunda-feira (24) e terminou no sábado (29), teve a participação de policiais rodoviários federais do Grupo de Motociclistas Regional (GMR/RJ) em apoio à 3ª Delegacia (Angra dos Reis) da PRF. Ao todo, foram emitidos 207 autos de infração por irregularidades de trânsito. Ainda na operação, os policiais recuperaram dois veículos roubados e capturaram uma pessoa foragida da justiça.

Conforme a PRF, as ocorrências foram registradas na 166ª DP (Angra dos Reis).

PRF/Divulgação

Crime ambiental
Um homem que transportava mais de 130 pássaros silvestres dentro do porta-malas de um carro foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por crime ambiental. A abordagem foi feita na Rodovia Rio-Juiz de Fora (BR-040), em Três Rios, centro-sul Fluminense, na madrugada de sábado (29).

Durante a revista, na altura do km 22 da rodovia, policiais rodoviários federais da 6ª Delegacia (Três Rios) pararam o veículo e encontraram 138 trinca-ferros em pequenas caixas de papelão. Por causa das péssimas condições de transporte, um das aves foi encontrada morta.

De acordo com a PRF, o motorista confessou que os pássaros seriam comercializados em uma feira clandestina no município do Rio de Janeiro.

A PRF informou em nota que o trinca-ferro, por ser uma ave muito valorizada, é alvo constante de traficantes de animais silvestres. Conforme o órgão, chega a ser vendido por cerca de R$ 200 no mercado ilegal. Já em criadouro legalizado, o preço varia entre R$ 1,8 mil e R$ 2,5 mil.

Após o flagrante, os policiais federais fizeram contato com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que mandou agentes para o local. Junto com os policiais federais eles levaram as aves para uma área de mata em Juiz de Fora, em Minas Gerais, onde foram soltas na natureza. Com informações da PRF

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!