Foragido é preso pela Polícia Civil em Morada Nova de Minas

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu um homem, de 28 anos, que utilizava documento falso e possuía mandado de prisão pelo crime de homicídio. Ele foi descoberto na última sexta-feira (28/5), enquanto uma equipe de investigadores cumpria um mandado de busca e apreensão, decorrente de uma investigação de tráfico de drogas, na cidade de Morada Nova de Minas, região Centro-Oeste do estado.
Após o recebimento de informações de que o suspeito estaria comercializando drogas e portando armas de fogo no Povoado de Frei Orlando, localizado na zona rural de Morada Nova de Minas, o delegado Edilson Carlos Lima Correa Junior representou pelo mandado de busca e apreensão na residência do alvo. Durante o cumprimento, realizado com o apoio da Polícia Militar e presenciado pela Guarda Municipal, foram arrecadados porções de cocaína, uma balança de precisão, além de celulares e materiais para embalagem de drogas.

Na ocasião, o suspeito apresentou documento de identidade, título de eleitor e CPF com sinais de adulteração. Assim, o homem foi conduzido até a Delegacia em Morada Nova de Minas para prestar esclarecimentos, e, após contato com o Instituto de Identificação da PCMG, ele foi identificado. “Trata-se de um foragido da Justiça, acusado, entre outros crimes, pelo homicídio de um garoto de 13 anos, ocorrido em fevereiro de 2019, na cidade de Jacinto, Vale do Jequitinhonha”, revela o delegado.

O suspeito – que estava foragido da Justiça e possuía registros policiais pelos crimes de homicídio, ocultação de cadáver, tráfico de drogas, porte de armas, lesão corporal, ameaça e dano – foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e uso de documento falso. Ele foi encaminhado ao sistema prisional e se encontra à disposição da Justiça. Com informações da PCMG

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!