Sistemas bancários do mundo podem precisar de recapitalização

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Os sistemas bancários de alguns países podem ter que ser recapitalizados ou mesmo reestruturados se suas economias forem severamente danificadas por uma interrupção prolongada devido ao surto de coronavírus, disseram autoridades do Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta terça-feira (31).

“A pressão sobre o sistema bancário está crescendo e a inadimplência mais alta é iminente. E agora muitos esperam um choque no setor financeiro semelhante em magnitude à crise de 2008”, afirmaram Tobias Adrian, diretor do departamento de mercado monetário e de capitais do FMI, e Aditya Narain, vice-diretora do departamento, por meio de uma publicação em blog nesta terça-feira.

Embora o FMI não tenha especificado quais sistemas bancários dos países são mais vulneráveis, o alerta do principal fundo multilateral de resgate do mundo marca diferença de tom impressionante em relação a outros reguladores e executivos-chefes de bancos, especialmente nos Estados Unidos, que afirmam que os credores são robustos o suficiente para suportar a crise econômica que se instala.

Em uma tentativa de reforçar as reservas de capital dos bancos, na semana passada o Banco Central Europeu ordenou que os credores interrompessem todos os pagamentos de dividendos até outubro de 2020, enquanto os grandes bancos nos Estados Unidos também estão sob pressão para interromper os dividendos depois de terem suspendido as recompras de ações este mês. Com Agência Brasil/Reuters

PUBLICIDADE
Don`t copy text!