Economia deve ser afetada após paralisação dos caminhoneiros

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A paralisação dos caminhoneiros, que chega ao 10º dia, deve afetar o Produto Interno Bruto (PIB), disseram nesta quarta (30), no Rio de Janeiro, pesquisadoras do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Elas divulgaram o indicador econômico referente ao primeiro trimestre do ano.
Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter Gerente de contas nacionais trimestrais do IBGE, Claudia Dionísio disse que o impacto da greve começará a aparecer nas pesquisas conjunturais que serão divulgadas em junho.
“Como é tudo interligado, sabemos que vai afetar um pouco de cada coisa. Mas, o quanto vai a gente tem que mensurar para saber. Vai afetar como um todo”, disse.
Impacto
A coordenadora de contas nacionais, Rebeca Palis, também avaliou que o impacto deve se disseminar desde os preços até a atividade econômica. “Vai afetar a economia toda. E existe um efeito cadeia que, às vezes, não é imediato”, afirmou.
A pesquisadora aponta que, logicamente, os números do comércio e do transporte de carga devem estar entre os mais impactados e prevê também reflexos no comércio exterior.
“A gente sabe que o comércio exterior vai ser afetado nas duas pontas, tanto na exportação quanto na importação”, finalizou. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE