SAMU de Pará de Minas atende ocorrência de acidente de trânsito em BH; equipe voltava de transferência de paciente

A equipe da Unidade de Suporte Avançado (USA) de Pará de Minas retornava, na noite de segunda-feira (28), de uma transferência de uma gestante para o Hospital Sofia Feldman, em Belo Horizonte. Os profissionais se depararam com um acidente de trânsito envolvendo um motociclista e um caminhão no anel rodoviário.

O tenente do Corpo de Bombeiros, Pedro Aihara, estava retornando do trabalho e também se deparou com acidente. Parou, avaliou a situação e percebendo a gravidade, avistou a USA de Pará de Minas passando pelo local e pediu apoio. Prontamente a equipe atendeu à solicitação, avisou a Central de Regulação e realizou o atendimento do motociclista, que estava com ferimentos graves.

“Retornávamos da transferência, quando no anel rodoviário, próximo ao viaduto São Francisco, o tenente nos pediu apoio. Prestamos os primeiros atendimentos, fizemos a estabilização do motociclista no local e, com batedores da polícia, o encaminhamos para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, num deslocamento muito ágil. Ele deu entrada na sala de politrauma e rapidamente seguiu para cirurgia”, conta Dr. Pablo de Souza, médico que estava na USA.

Pouco tempo depois, quando já estava em casa, tenente Pedro Aihara usou os stories do Instagram para contar a situação e agradecer o apoio da equipe do SAMU. “Quero fazer um agradecimento muito especial, genuíno, para o pessoal da USA 10, do SAMU de Pará de Minas. Acabei de chegar de um acidente bem grave, que a gente atendeu. E estava voltando do trabalho, em minha moto particular, passando pelo anel e acabei parando em um acidente que tinha acabado de acontecer, e um motociclista foi para debaixo de um caminhão e estava muito grave. Pouco tempo depois uma viatura do comando diário do 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros chegou ao local e enquanto estávamos fazendo a primeira avaliação, passou uma Unidade do SAMU, que é essa USA 10, de Pará de Minas. Nem estavam na área deles, provavelmente vieram fazer só um inter hospitalar, e eu pedi que parassem e expliquei o que tinha acontecido. Prontamente se dispuseram a ajudar, mesmo estando fora da área de atendimento deles. De forma muito gentil e atenciosa, realizaram o atendimento e conduziram a vítima para o João XXIII”, relatou.

O tenente também citou a atuação da Polícia Rodoviária e finalizou os stories enfatizando o respeito e admiração pela equipe da USA 10, porque fizeram a diferença nesta ocorrência.

“Mesmo quando uma de nossas ambulâncias está fora da área do atendimento, pode colaborar. A ideia do Serviço é salvar vidas! Parabenizamos a equipe composta pela enfermeira Roberta Vitor, pelo condutor socorrista Lucas Rayone e pelo médico Pablo de Souza, pela atuação, pelo trabalho integrado, que certamente fez diferença na situação”, destaca José Marcio Zanardi, secretário executivo do CIS-URG.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!