Torcedores do Bahia criam campanha para ajudar ambulantes

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

“Fiado Invertido: compro e não nego, pego quando puder”. Esta é o lema da campanha para ajudar vendedores ambulantes no período de suspensão do futebol, em tempos de pandemia do novo coronavírus (COVID-19). A iniciativa partiu da Frente Esquadrão Popular, um coletivo de torcedores, conselheiros e sócios do Bahia. A iniciativa tem o apoio do clube e, além de beneficiar os camelôs que atuam no entorno da Arena Fonte Nova, também deve ajudar os trabalhadores informais que comercializavam produtos nas imediações dos estádios de Pituaçu e Barradão. O coletivo publicou ainda um vídeo explicativo no Youtube mostrando, passo a passo, como fazer a contribuição financeira.

O objetivo é que os torcedores comprem agora as mercadorias e as recebam depois do fim do período de distanciamento social, ou seja, após o retorno dos jogos. As contribuições são realizadas online, pela internet, diretamente nas contas dos ambulantes. Existe a possibilidade ainda das pessoas simplesmente doarem determinado valor como ajuda a quem não vai poder trabalhar nas próximas semanas, em decorrência do risco de contaminação pela COVID-19.

Os organizadores chamaram os ambulantes mais conhecidos do público para estrelarem a campanha e esperam que a proposta possa se multiplicar em outras torcidas e equipes. Afinal, trata-se de uma questão de sobrevivência. Segundo o último levantamento do IBGE, quase 55% dos trabalhadores baianos vivem na informalidade. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!