Salvador libera 400 mil doses extras de vacina contra febre amarela

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Depois de confirmada a infecção por febre amarela em quatro macacos, em Salvador, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) liberou nesta quarta (29) cerca de 400 mil doses extras da vacina, na capital, para as pessoas que não têm as duas doses registradas no cartão de vacinação. De acordo com a secretaria, será necessário imunizar 1,7 milhão de pessoas em Salvador.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A secretaria informa que, até o momento, nenhum caso de febre amarela foi detectado em humanos no estado. Em animais, a doença já havia sido registrada na cidade de Alagoinhas, onde também foram liberadas vacinas extras para a população. A secretaria lembra que quem foi imunizado nos últimos dez anos está com a proteção em dia.

Investigação
O órgão estadual registrou, até esta terça (28), 16 casos suspeitos de febre amarela em oito municípios. Sete foram descartados após exames laboratoriais e nove casos continuam sendo investigados. Nos macacos, foram 104 notificações em 42 cidades baianas, com 23 confirmações das doenças em primatas não humanos.

Capital
Na tarde desta quarta (29), a prefeitura de Salvador anunciou medidas de intensificação das vacinas na capital. Segundo o secretário municipal de Saúde, José Antônio Alves, ao longo das próximas semanas, os 136 postos de Salvador terão campanha intensificada.

“Estamos fazendo vacinação maciça no distrito sanitário de Brotas e em todos os bairros que compõem a área de Brotas. Os 19 pontos de vacinação da cidade não passarão mais a cobrar a comprovação de viagem para as pessoas que precisam se vacinar”, informou Alves.

De acordo com o secretário, ao longo das próximas semanas, o processo de vacinação será estendido a toda a cidade. “É importante destacar que detectamos a presença do vírus nesses animais e não existe nenhuma notificação ou suspeita de caso humano em Salvador.” Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!