Em reta final de preparação, Time Brasil de Tênis se sente em casa em Uberlândia

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Completamente à vontade e se sentindo em casa. Foi assim que o Time Brasil se mostrou na coletiva oficial de imprensa, na tarde desta quarta-feira, no Ginásio Sabiazinho, em Uberlândia – que será palco do confronto do qualifying da Copa Davis contra a Bélgica, nesta sexta-feira e sábado (1 e 2/2).

A delegação brasileira chegou na cidade do Triângulo Mineiro no domingo para se adaptar às condições da quadra de saibro coberta. Comandada pelo capitão João Zwetsch, a equipe é formada pelo cearense Thiago Monteiro e pelo paulista Rogério Dutra Silva, raquetes 1 e 2 nacionais, respectivamente, pelos duplistas mineiros Bruno Soares e Marcelo Melo e pelo paranaense Thiago Wild, como quinto jogador.

“Logicamente, para mim e para o Bruno torna-se um pouco mais especial a Copa Davis em Minas, em Uberlândia. Eu joguei aqui inúmeras vezes, Campeonatos Mineiros e Brasileiros, poder retornar depois de tanto tempo é especial. Nós mineiros acolhemos muito bem as pessoas de fora e tenho certeza que a turma aqui que não é de Minas está se sentindo acolhida também”, afirmou Marcelo Melo.

O capitão João Zwetsch comentou sobre a decisão de trazer o confronto para Uberlândia. “Conversamos com os atletas e depois falamos com a CBT. A ideia era jogar em um lugar parecido com o Brasil Open, onde todos se sentem bem jogando, uma quadra de saibro, coberta, onde nos prevenimos de chuva e de qualquer eventualidade”, explicou o técnico, que acredita que sairá com a vitória quem tiver mais atitude em quadra. “Sabemos que Copa Davis são jogos que, na grande maioria, são decididos com atitude, garra e empenho. Estamos nos preparando para chegar sexta e sábado mentalmente focados. Todo mundo aqui é experiente e sabe o que é uma Copa Davis, que é diferente do Circuito”, ressaltou.

Comandada pelo capitão Johan Van Herck, a equipe da Bélgica conta com Kimmer Coopejans e Arthur De Greef, números 1 e 2 de simples, respectivamente, e com os duplistas Sander Gille e Joran Vliegen.

“Nossos quatro jogadores têm experiência em Copa Davis, estão acostumados com quadras de saibro, em jogar na altitude. Acredito que o Brasil é favorito, será um grande desafio, mas somos fortes e experientes o bastante e vamos tentar sair daqui com a vitória”, avaliou o capitão belga.

Nesta quinta-feira será realizado o sorteio oficial, que definirá a ordem dos jogos do confronto, no Praia Clube, às 11h30. Brasil e Bélgica se enfrentam por uma vaga na fase final do novo formato da competição entre países, que será disputada em Madri, em novembro.

Na sexta-feira, serão duas partidas de simples, com início às 16h. No sábado, o duelo entre as duplas abre o dia às 14h, seguido dos outros dois jogos de simples, caso necessário. Com site da CBT

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!