MG supera a marca de 630 mil vagas de trabalho com carteira assinada em quase quatro anos

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados ontem (28/12), referentes ao mês de novembro, mostram a consolidação do aquecimento da economia de Minas Gerais nos últimos quatro anos. O mês registrou 185.845 admissões contra 181.566 desligamentos, um saldo positivo de 4.279 novos postos criados, confirmando a tendência de crescimento pelo décimo mês consecutivo.

De janeiro de 2019 até o mês passado foram criadas mais de 630 mil vagas formais. Somente em 2022, o estado já responde pela geração de 222.823 postos de trabalho com carteira assinada.

“Mais uma vez, os dados do Caged se mostraram positivos. Ao longo do ano, Minas Gerais acumulou mais de 222 mil postos de trabalho no período, acompanhando uma tendência dos últimos quatro anos, mostrando a força no mercado de trabalho mineiro com a criação de empregos na casa de 630 mil. Isso revela um desenvolvimento econômico de Minas, dinamismo no mercado de trabalho também, que apesar da rotatividade, o saldo se mostra positivo. São postos de trabalho sendo criados, pessoas sendo absorvidas no mercado”, explicou o superintendente de Gestão e Fomento ao Trabalho e à Economia Popular Solidária da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, Marcel Cardoso Ferreira de Souza.

Numa análise por atividade econômica, o setor que liderou a geração de empregos em novembro foi o de comércio, com 9.725 novos postos, seguido pelo de serviços (3.359). O grupamento que apresentou maior crescimento no período é composto por três segmentos, que unem comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas; comércio por atacado (exceto veículos automotores e motocicletas) e comércio varejista.

“No mês de novembro, como de costume, o setor de comércio foi o que mais alavancou o saldo positivo”, completou o superintendente.

Brasil
Em todo o país, ainda conforme os dados do Caged divulgados pelo Ministério do Trabalho, novembro registrou a criação de 135.495 novos empregos formais, resultado da admissão de 1.747.894 pessoas e da demissão de outras 1.612.399.

Ao longo de 2022, o saldo de contratações é positivo, com 2.466.377 novos postos de trabalho criados. Com Agência Minas

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!